Rede aleluia

Notícias | 19 de outubro de 2018 - 13:26


Cônsul turco visita o Jardim Bíblico do Templo de Salomão

O seu objetivo era estreitar as relações turísticas entre Brasil e Turquia

Desde a inauguração, em julho de 2014, o Templo de Salomão, localizado em São Paulo, já recebeu milhares de pessoas, de diferentes nações. De donas de casa a diplomatas, todos com um desejo em comum: o de conhecer de perto a grandiosidade do local. Recentemente, foi a vez do Cônsul Ahmet Çanga (segundo à esquerda, na foto acima) – representante do Ministério de Cultura e Turismo da Turquia – realizar o tour no Jardim Bíblico do Templo.

Ao lado do amigo pessoal e empresário, Baki Cevizci (com a pasta, na foto acima), o Cônsul conheceu a história do povo Hebreu, que saiu do Egito rumo à Terra Prometida; a réplica fiel do tabernáculo de Moisés, localizado na área externa do Templo, entre outros espaços. Eles foram recebidos pelo Bispo Eduardo Bravo (à esquerda, na foto acima), responsável pelo trabalho de Relações Institucionais da Universal.

Além de conhecer a história, o Cônsul deseja estreitar as relações de turismo entre o Brasil e a Turquia. O país tem sido destino frequente dos brasileiros; apenas em 2017, o número de turistas brasileiros na Turquia teve um aumento de 17%.

Durante a visita, o Cônsul se mostrou admirado com o local. “O Templo de Salomão é um lugar lindo e impressionante. Pude conhecer a história dos hebreus, como eles viviam e como são lembrados até os dias de hoje”, afirmou.

Ele ainda garantiu que o Templo é um lugar imprescindível para viajantes turcos, no Brasil. “Na Turquia, também temos muitos cristãos; provavelmente eles devem visitar o Templo. Eu mesmo quero voltar com amigos”, enfatizou.

Para o Bispo Eduardo Bravo, o Templo se transformou em um lugar cultural e de destaque no roteiro de quem conhece São Paulo. “Essas visitas são importantes tanto para os visitantes quanto para nós”, declarou, acrescentando que a presença do Cônsul é muito importante para o desenvolvimento da Universal na Turquia.

E finalizou: “O trabalho evangelístico da Igreja tem avançado na Turquia. Já temos três igrejas. É muito importante que uma autoridade de lá conheça nossas dependências, a fim de que veja que o nosso trabalho é sério e bem estruturado”.


  • Rafaela Dias/ Fotos: Marcelo Alves 



reportar erro