Rede aleluia
Como se defender dos erros dos outros?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 26 de Setembro de 2021 - 00:05


Como se defender dos erros dos outros?

A sua reação diante de quem quer obter vantagens revela se você confia ou não em Deus

Como se defender dos erros dos outros?

Ninguém gosta de ser traído ou ferido. Mas, infelizmente, não há como se blindar dessas situações porque convivemos em um mundo em que o mal reina e as pessoas se sentem, cada dia mais, com liberdade de falar o que pensam, fazer o que querem, ou expor as outras – principalmente nas redes sociais –, sem se importar com as consequências.

Assim, é impossível impedir que uma pessoa ataque você. Contudo, o fato de atingir você ou não dependerá de sua reação. “As pessoas nos julgam pela cor da nossa pele, pelo estudo que a gente não tem, pela igreja a que a gente pertence e pelo lugar onde a gente nasceu. E não é com leis e não é jogando argumentos sobre elas que vai se resolver o problema delas”, apontou a colunista Cristiane Cardoso, em uma meditação disponível no Univer Vídeo.

Dessa forma, entendemos que tentar modificar a opinião dos outros na marra ou levantar bandeiras para forçar a mudança do comportamento alheio é uma verdadeira perda de tempo. Afinal, as atitudes de uma pessoa podem até mudar perante a “lei”, mas os pensamentos dela não serão alterados, ou seja, a raiz daquele problema continuará lá. Assim, só você pode determinar se vai se contaminar com uma ofensa, por exemplo, e dar o “troco”, ou se vai ceder a outra face e deixar que Deus trabalhe a seu favor.

Como lidar com o mau caráter?
Para ilustrar esse assunto, veja o exemplo de Davi. Antes de assumir o trono de Israel, ele se deparou com Abner, chefe do exército de Saul, que era um mau caráter declarado, já tinha feito mal a Davi anteriormente e estava contra ele. Mas, quando Abner percebeu que poderia perder a batalha, decidiu mudar de lado e se aliar a Davi, deixando claro sua característica de aproveitador.

Alguém com pensamento mundano não iria aceitar o apoio e muito menos recebêlo em sua casa. Contudo, Davi – o homem com o coração segundo Deus – assim o fez. Mesmo sabendo de todas as coisas erradas que Abner tinha feito, o recebeu com um banquete e aceitou o acordo proposto. “Davi confiava em Deus a ponto de parecer bobo e Abner se aproveitou da bondade de Davi. Muitas vezes as pessoas se aproveitam de quem tem o coração segundo o de Deus. E você tem que resolver isso, senão, quando você tentar se proteger de pessoas que pensam em usá-la, você vai sempre se frustrar, se decepcionar, ficar triste e guardar mágoa”, comenta a colunista.

Diante de situações como essa, a única atitude que blinda uma pessoa dos ataques e das más intenções dos outros é ter confiança em Deus. Se você percebeu que há alguém que deseja o seu mal, quer prejudicá-la ou que ainda só a trata de uma determinada forma por interesse, não faça nada, como orienta Cristiane: “você tem que decidir não fazer nada, não sentir nada, porque se essa pessoa prejudicá-la, fizer mal a você, usá-la, ela é quem estará errando, e Deus vai cobrar isso dela”.

Então, não deixe que os erros dos outros cometidos contra você mude quem você é. O seu caráter e as suas reações precisam ser moldados pelos ensinamentos da Fé, assim como Jesus nos ensina: “Se alguém bater em você numa face, ofereça-lhe também a outra”. (Lucas 6.29).


Como se defender dos erros dos outros?
  • Cinthia Cardoso - Foto: Getty images 


reportar erro