Rede aleluia

Notícias | 15 de março de 2018 - 03:05


Como os presos do Piauí têm sido ajudados

Conheça o trabalho da Universal nos Presídios no estado

Localizado no nordeste do País, o Piauí é o 6° estado com maior número de detentos no Brasil, de acordo com o 9° anuário de Segurança Pública. Diante dos números alarmantes, o grupo Universal nos Presídios (UNP) local tem intensificado suas atividades dentro dos presídios do estado.

De acordo com o Bispo Sebastião Souza, coordenador do grupo no Piauí, o UNP conta com mais de 180 voluntários que, juntos, já alcançaram mais de 3.500 presidiários piauienses.

Uma chance de nova vida

Recentemente, 71 presos da Casa de Custódia Professor José de Ribamar, ao participarem de uma das reuniões do grupo no local, decidiram entregar suas vidas ao Senhor Jesus por meio do batismo nas águas. O Bispo Sebastião conta que muitos deles viram no batismo uma oportunidade para recomeçar.

“Muitas pessoas estão acreditando em nossas palavras dentro dos presídios e eu sei que não é somente aqui nos presídios do Piauí. O trabalho do UNP tem apresentado esses resultados em todo o País”, destacou o Bispo.

Ainda segundo o Bispo, o UNP do estado também tem dado uma atenção especial nos presídios femininos, realizando constantes visitas. Recentemente, em um desses encontros, 10 mulheres também decidiram descer às águas. “É um prazer fazer parte de um trabalho tão lindo como este. Me sinto realizando o que Jesus mandou, que é pregar o Evangelho a toda criatura”, relatou o Bispo que teve a oportunidade de batizar as presas e lhes ensinar os princípios cristãos.

Para saber mais sobre as visitas feitas pela Universal nos presídios, encontre aqui a Universal mais próxima de você. Acesse, também, o perfil oficial do grupo no Facebook, clicando aqui.


  • Por Rafaela Dias / Fotos: Cedidas 


reportar erro