Rede aleluia
Com o que você tem se “casado”?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 21 de Junho de 2022 - 17:30


Com o que você tem se “casado”?

Reflita sobre esta mensagem do Bispo Renato Cardoso

Com o que você tem se “casado”?

A Bíblia conta que o rei Acabe teve uma trajetória de vida desastrosa. E, além disso, levou o povo de Israel à ruina consigo. E a origem dessa triste história foi um casamento errado (1 Reis 16:29-31).

O quadro geral:

  • “Acabe, quando se tornou rei no lugar do pai, começou a fazer tudo errado por meio de uma decisão. Foi uma decisão errada que ele tomou, que foi se casar com uma princesa de uma nação vizinha. É conhecido o fato de que reis costumavam a fazer isso, eles faziam alianças com nações através de casamentos”, observou o Bispo Renato Cardoso, durante a programação Inteligência e Fé, do dia 21 de junho.
  • Assim, Acabe se casou com Jezabel, que era do povo sidônio.
  • “Nós também aprendemos um preciosa lição: cuidado com quem você se junta, com quem você se casa. Não somente com ‘quem’ (literalmente, em termos de ‘pessoa’, porque quem casou errado sabe o que eu estou falando), mas vamos pensar também em ‘casamento’ no sentido mais amplo da palavra”, apontou o Bispo.
  • Em outras palavras, não somente um cônjuge pode ser um problema em sua vida, como também uma má amizade, um mau sócio em um negócio profissional, uma má proposta, uma má ideia, entre outras situações.
  • “A Bíblia diz que quando a gente se casa, a gente se torna ‘um’ com aquela pessoa. Quando você se casa com uma ideia, ela passa a possuir você. Aquela ideia passa a ser você”, disse o Bispo.

O que fazer:

  • “Você tem que olhar a quem você tem se entregado. O que você tem aceitado dentro da sua vida, desposado em casamento, a quem você tem se entregado. Porque isso tem sido parte de você. E se aquilo com que você desposou é mau, vai trazer consigo (assim como Jezabel trouxe a adoração a Baal para dentro de Israel) tudo o que está em sua vida. Então, talvez, você tenha se juntado com ideias, lugares, pessoas, atividades, hobbies, ideologias que trazem para si uma doença. Inicialmente, você achou que fez um excelente negócio, como Acabe, mas, depois, ele, com certeza, se arrependeu amargamente. Se você tem uma ‘Jezabel’ em sua vida, e você quer se ‘divorciar’ dela, dá tempo. Estou falando do mal, não de casamento literal. Estou falando, figuradamente, do ‘casamento’ com coisas que trouxeram a desgraça para a sua vida, como o pecado, os vícios, as más amizades”, pontuou o Bispo.
  • Portanto, você pode abandonar as atitudes erradas agora mesmo e se arrepender. Sujeite-se à vontade de Deus para a sua vida. Peça para Ele uma nova chance e tenha uma aliança com Ele.
  • Clique aqui e acompanhe esta e outras mensagens do Bispo Renato Cardoso na íntegra.
  • Compartilhe esta mensagem com amigos e familiares.

Com o que você tem se “casado”?
  • Da Redação / Foto: iStock 


reportar erro