Rede aleluia

Notícias | 20 de setembro de 2019 - 11:18


Cigarros são proibidos nos parques de São Paulo

Nova lei visa proteger cidadãos que não têm o vício

Está proibido o fumo em parques públicos paulistanos. A decisão foi tomada pela Câmara Municipal de São Paulo em maio passado e a lei foi sancionada pela Prefeitura no último dia 30 de agosto.

A decisão vale para o uso de qualquer produto que emita fumaça, como cigarros convencionais ou eletrônicos, cachimbos ou narguilés.

Para utilizar esses produtos, os fumantes deverão se dirigir a uma área restrita do parque, que ficará longe das áreas esportivas, playgrounds e da população em geral. Quem descumprir a lei será multado em R$ 500. Em caso de reincidência, a pena será dobrada.

Por que é tão importante a proibição?

O fumo passivo causa prejuízos tanto quanto o fumo direto. Isso porque a fumaça do cigarro está repleta de substâncias tóxicas que causam dores de cabeça, náuseas, sinusite, doenças respiratórias e cardiovasculares e cânceres.

Até mesmo a saúde mental é prejudicada pelo fumo passivo. De acordo com a University College London, da Inglaterra, a maior exposição ao cigarro aumenta em 50% as chances de aparecimento de algum tipo de sofrimento psicológico, como depressão e transtornos de ansiedade.

Já a Academia Americana de Pediatras revelou que crianças que fumavam passivamente tinham 50% mais chances de desenvolver problemas de comportamento e aprendizagem, tanto na vida escolar quanto na vida familiar.

No Brasil, o tabagismo passivo causa o prejuízo financeiro de R$ 4,5 bilhões ao ano. Pior do que isso: mais de 17 mil pessoas morrem todos os anos por serem fumantes passivos.

Já está mais do que comprovado que o fumo mata o dependente, quem está por perto e prejudica a sociedade como um todo. Então, por que continuar no vício?

Se você deseja se livrar de algum vício (inclusive do cigarro), mas não sabe o que fazer – afinal, já tentou de tudo, porém, não conseguiu -, na Universal há uma palestra especial que tem ajudado muita gente.

Trata-se do Tratamento Para a Cura dos Vícios, que acontece aos domingos. Utilizando o poder da fé, milhares de pessoas já foram libertas de seus vícios. Clique aqui e saiba mais sobre o assunto.


  • Andre Batista / Foto: Getty Images 


reportar erro