Rede aleluia

Notícias | 11 de julho de 2019 - 10:09


Barco-igreja volta a atuar em comunidades ribeirinhas da Amazônia

Além do Evangelho, população carente tem acesso a apoio social

O Amazonas conta com cerca de 350 comunidades ribeirinhas. Os 37 mil habitantes vivem à beira dos rios que cortam o estado, com pouco ou nenhum acesso a diversos tipos de serviços essenciais à vida. Os números estão de acordo com a pesquisa feita pelo Projeto Povos Ribeirinhos.

Mesmo num local precário como este, a Universal se faz presente para oferecer apoio social e, principalmente, espiritual à população. Com o auxílio de um barco-igreja (nomeado de ‘Glorioso’), a Salvação tem chegado a centenas de moradores destas regiões.

“É a única Universal flutuante em atividade no mundo. Toda quinta-feira e domingo à tarde, partimos para as comunidades em locais de difícil acesso. Muitas vezes, dentro de mata fechada”, conta o Pastor Glauber Moré, responsável pelo grupo de Evangelização (EVG) do Amazonas.

Serviço social

O Pastor acrescenta que por meio do barco-igreja a população carente também tem acesso a ações do projeto Unisocial, que oferece, por exemplo, atendimento médico com diversas especialidades, serviços estéticos, jurídicos e doações.

“Além dos ribeirinhos, o grupo também visita aldeias indígenas e escolas flutuantes”, diz.

Quer saber mais detalhes de como funciona o trabalho da Universal em todo o País? Curta a página oficial do grupo de Evangelização no Facebook para ver outras ações.

 


  • Rafaella Rizzo / Fotos: Cedidas 



reportar erro