Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 24 de março de 2020 - 22:24


“As programações da igreja são essenciais e nos ajudam a despertar a fé”

A afirmação acima é da Carla Sandra. Conheça a sua história completa no vídeo abaixo

Se tentássemos contar, agora, quantas pessoas estão neste momento sofrendo com alguma doença, perturbações, amarguradas por terem sido traídas, ou ainda viciadas em drogas, enfrentando tantos outros problemas, não conseguiríamos enumerar e, tampouco, ajudá-las presencialmente.

Mas, existem alguns meios de comunicação que podem, sim, alcançar grande parte desses sofridos de uma só vez. E, claro, ajudá-los a despertar a fé que precisam para mudar de vida.

A TV, o rádio e a internet têm sido fundamentais na propagação do Evangelho, e foi justamente por intermédio de um deles que a administradora Carla Sandra de Abreu Arruda, de 49 anos, conheceu a fé e o trabalho da Universal.

Ainda na infância, Carla sofreu com complexo de inferioridade e depressão. “A minha infância foi bem conturbada. Dois dos meus irmãos sofriam com desmaios, então, passei a ter muito medo, angústias, quando ficava sozinha, eu chorava muito, tinha vontade de morrer. Cheguei a pensar que a morte fosse a solução”, conta.

Diante de todo esse sofrimento, um dia, a mãe de Carla assistia a tevê, quando sintonizou em um programa da Universal. Foi aí que uma luz brilhou em meio à escuridão que viviam.

“As programações da igreja são essenciais e nos ajudam a despertar a fé”, afirmou, Carla, após chegar em um templo da sua cidade.

Assista ao vídeo abaixo e saiba o que aconteceu com Carla e sua família:

Se você está sofrendo e precisa de ajuda, converse agora mesmo com um Pastor onlineConvide os seus familiares para assistir as reuniões, ao vivo, na TV Universal, no Univer Vídeo, na Rede Aleluia de rádio e nos canais de televisão 21, CNT e Rede Família.


  • Sabrina Marques / Foto: Reprodução 


reportar erro