Rede aleluia
A traição e os filhos
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 23 de Fevereiro de 2021 - 10:37


A traição e os filhos

"A infidelidade não só destrói um casamento, mas toda uma família. Aquela história de o que importa é que “nós não vamos deixar de amar nossos filhos” é o tipo daquela que se conta para o 'boi dormir'"

A traição e os filhos

A infidelidade não só destrói um casamento, mas toda uma família. Aquela história de o que importa é que “nós não vamos deixar de amar nossos filhos” é o tipo daquela que se conta para o “boi dormir”. Sim, é “história da carochinha”. Se amasse os filhos, não trairia a mãe ou pai deles!

Muitos casais pensam erroneamente que podem separar seus filhos de seu casamento, mas esquecem que um dia foram filhos também, e como seus pais foram os primeiros a afetar seu olhar do mundo, do casamento e do sexo oposto.

A decepção é tão grande que uma criança normalmente não consegue expressá-la com palavras, e sim, no comportamento. É por isso que tantas crianças fazem bullying, no fundo, estão machucadas e acabam precisando machucar outras.

A criança sofre mais do que podemos imaginar, é como se seu maior herói se revelasse ser um bananão, que só pensa em si mesmo. O que isso fala dela como seu filho? O que esperar das demais pessoas no mundo se o seu super-herói é um fake? Que tipo de homem ou mulher ela vai ser agora que descobriu que não existem heróis nem heroínas no mundo?

A bagunça psicológica e emocional é tão grande que muitos crescem, amadurecem, envelhecem e ainda assim não conseguem se curar dela.

Só quem já passou por isso entende.

Mas vamos esquecer de como sofremos quando nossos pais se divorciaram. Vamos pensar que nossos filhos serão mais fortes, é só repetirmos o que ouvimos de nossos pais e cruzar os dedos para que eles não trilhem os mesmos caminhos que trilhamos. Só que não.


A traição e os filhos
  • BLOG DE GÊNESIS | Do R7 / Foto: DIVULGAÇÃO/RECORD TV 


reportar erro