Rede aleluia
A responsabilidade de quem recebeu o Espírito Santo
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 25 de Agosto de 2021 - 15:47


A responsabilidade de quem recebeu o Espírito Santo

Levar para o maior número de pessoas o que Deus lhe deu é sua obrigação

A responsabilidade de quem recebeu o Espírito Santo

No último dia 22, acabou mais uma edição do Jejum de Daniel, quando milhares de pessoas receberam o Espírito Santo e foram renovadas espiritualmente.

E um dos sinais de que a pessoa O recebeu, de fato, é a paixão pelas almas, a sede de levar para o maior número de pessoas o que Deus lhe deu. “Deus quer que todos O recebam e é sua responsabilidade levar isso. Não a religiosidade ou obrigações, mas a Palavra do Reino de Deus, o nome do Senhor Jesus para salvá-las”, explica o Bispo Edir Macedo.

Afinal, foi exatamente isso o que o Senhor Jesus fez após receber o Espírito de Deus:

“E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas deles, e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo. E, vendo as multidões, teve grande compaixão delas, porque andavam cansadas e desgarradas, como ovelhas que não têm pastor.” Mateus 9:35,36

Por isso, cabe a cada um dos verdadeiros batizados ir em busca de almas. Fazer o possível e impossível para levar pessoas a uma reunião, dar um exemplar da Folha Universal, um livro da fé, enviar links do site universal.org, qualquer coisa que a desperte para que ela seja salva.

Frieza espiritual

É exatamente por não dar o que recebeu, por não se importar em levar a Salvação ao próximo que muitas pessoas, que até receberam o Espírito Santo um dia, estão frias, cegas ou mortas espiritualmente.

“Ele vem para nos dar condições de vencer o diabo, o mundo e a nós mesmos, para que sejamos úteis à causa do nosso Senhor. Quando temos o Espírito Santo nos tornamos uma fonte, a própria bênção, para jorrar para os que estão aflitos e cansados. Portanto, se você um dia foi batizado, mas ficou frio, é porque parou de dar o que tinha recebido”, alerta o Bispo.

Ouça a mensagem completa abaixo:


A responsabilidade de quem recebeu o Espírito Santo
  • Rafaella Rizzo / Foto: iStock 


reportar erro