Rede aleluia
A religiosidade a impedia de alcançar seus objetivos
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 4 de setembro de 2020 - 01:45


A religiosidade a impedia de alcançar seus objetivos

Por conta disso, Barbara enfrentou sérios problemas, inclusive a depressão, mas só encontrou a cura quando se entregou, verdadeiramente, a Deus

A religiosidade a impedia de alcançar seus objetivos

A profissional de educação, Barbara Molina, relata no vídeo abaixo que antes de chegar à Universal, ela sofria com uma grave depressão. Por causa da doença, ela perdeu peso e seu cabelo chegou a cair.

Mas, o motivo que a levou ficar neste estado foi sua busca incansável em ter uma família perfeita. Ainda quando adolescente, Barbara começou a frequentar uma igreja evangélica e, apesar de buscar a Deus,  ela ressalta que seu principal objetivo era se casar e ter uma família.

“A minha intenção era resolver aquilo que tinha sido destruído, eu queria uma família, um casamento e esse era o meu foco. Coloquei todas as minhas forças em encontrar alguém para casar e formar uma família”, disse.

Quanto mais Barbara lutava por seus objetivos, mais distantes eles ficavam de si. Por isso, a jovem passou a sofrer com uma forte depressão, mas muitos – ao seu redor – achavam que não passava de “frescura”.

“Sempre ouvia que nunca ia dar certo com ninguém, e cada vez mais eu entrava em uma tristeza profunda; era como se não tivesse mais objetivos, respostas…”, comenta.

Foi neste momento, que Barbara recebeu um convite de sua mãe para participar de uma reunião na Universal.

Assista ao vídeo abaixo e saiba o que aconteceu a partir deste episódio:


A religiosidade a impedia de alcançar seus objetivos
  • Sabrina Marques / Foto: Reprodução 


reportar erro