Rede aleluia

Notícias | 23 de novembro de 2018 - 11:56


A importância do trabalho dos caminhoneiros para o País

Projeto da Universal promove ações nas rodovias e terminais de cargas, valorizando a vida desses profissionais. Confira

A importância dos caminhoneiros para o País é indiscutível. Sem eles, praticamente tudo para. Desde o abastecimento de alimentos em redes de hipermercados e postos de gasolina, até outras necessidades mais emergenciais, como na área da saúde.
Assim, na falta desses profissionais, o dia a dia de um brasileiro é drasticamente atingido, conforme constatado durante a greve nacional desse segmento, em maio deste ano, que causou grandes impactos negativos durante os 11 dias de paralisação.
Na época, todos os setores foram afetados, além de uma contração de 3,34% no mesmo mês, segundo os indicadores do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br).
Ainda, de acordo com o Ministério da Fazenda, a greve dos caminhoneiros custou cerca de R$ 15 bilhões, uma média 2% do PIB.
Sobretudo, a vida deles não é fácil, até porque estão constantemente correndo perigo. Em meio a uma viagem e outra, muitos deles são vítimas de assaltos, ataques e agressões, entre outras adversidades.
Além disso, ao se disponibilizarem a seguir nessa profissão, eles mantêm uma rotina de solidão, longe dos entes queridos.

Ajuda necessária

A fim de driblar essa realidade dos caminhoneiros do País, o projeto Guardiões da Estrada – um dos braços da Evangelização (EVG) – criado em setembro deste ano, tem como objetivo levar assistência social a esses profissionais, que passam a maior parte de seu tempo nas estradas.
Além da ajuda física, a maior preocupação dos voluntários durante cada ação é levar auxílio espiritual.
Segundo Alessandro Paschoall – responsável pelo Grupo EVG em todo o País -, longe de uma igreja para alimentar a sua fé, muitas vezes, esses motoristas acabam também afastados de Deus, envolvendo-se em adultérios, entorpecentes. Consequentemente, tendo uma vida frustrada, sem paz e alegria.
Ainda de acordo o Paschoall, não é apenas a vida desse profissional que muda quando ele é impactado com a Palavra de Deus, mas todos em seu entorno.
“Quando alcançamos um caminhoneiro, estamos alcançando e reconstruindo uma família também. Temos como objetivo levar a palavra de fé, proteção e salvação”, completa ele.

Caminhoneiros do País

Durante a ação, os voluntários do projeto se deslocam até as principais rodovias e terminais de cargas dos estados com o intuito de promover serviços.
Entre eles, corte de cabelo, massagem, fisioterapia, manicure, atendimento jurídico, aferição de pressão. Além desse tipo de atendimento, são entregues kits de higiene e lanches.
As ações do programa social são realizadas no segundo domingo de cada mês, ou em datas específicas. Até o momento já reuniu 2.238 voluntários nos terminais de carga e postos de combustíveis. Locais esses onde os caminhoneiros estacionam para abastecer ou passar a noite.

Ação em novembro

No dia 10 de novembro último, o grupo promoveu uma importante ação para os caminhoneiros em todo o País. Mais de 2,2 mil voluntários estiveram envolvidos para que o auxílio físico necessário fossem levados ao maior número de pessoas.
Cerca de 6 mil pessoas foram alcançadas, 523 cestas básicas foram distribuídas e também 2.341 kits de higiene. Na ocasião, também foram oferecidos café com leite, suco e sanduíches, como cachorro-quente.
Além das doações, foram oferecidos serviços de orientação de postura no volante, aferição de pressão, manicure, cortes de cabelo, atendimento jurídico, entre outros. Ao mesmo tempo, ouve também a distribuição de Bíblias, jornais e revistas.
Dessa forma, quem estava presente garante que a ação foi de grande valia. “Tomei café e ouvi música de boa qualidade. Medi também a pressão arterial. Para mim foi ótimo. Afinal, com a correria do dia a dia, falta tempo para isso”, destacou o caminhoneiro Marcos Antônio, que participou do evento em São José do Rio Preto, interior de São Paulo.
Para saber mais sobre esse projeto, visite a página do grupo Evangelização no Facebook. Você também pode ser um voluntário. Encontre o endereço de uma Universal mais próxima e se informe com um pastor.


  • Débora Picelli / Foto: Cedidas pelo projeto Guardiões da Estrada 



reportar erro