Rede aleluia

Notícias | 28 de junho de 2018 - 03:05


90% das saladas prontas vendidas são contaminadas

Saiba como se proteger de doenças causadas por esses alimentos

Saladas prontas vendidas em redes de fast food ou restaurantes delivery têm cerca de dez vezes mais coliformes fecais do que o permitido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Essa foi a conclusão de uma pesquisa realizada pelo Centro Universitário Metrocamp Wyden, localizado em Campinas (SP).

O estudo avaliou os produtos e descobriu que 90% deles não é higienizado corretamente, entregando aos clientes produtos contaminados com substâncias que podem causar infecções intestinais, problemas pulmonares e até mesmo laringite.

Esse alto nível de contaminação acontece, em geral, porque os produtos são cultivados, embalados e distribuídos de maneiras não adequadas. E, quando chegam aos restaurantes, não são higienizados corretamente.

Infelizmente, o cliente raramente tem acesso à cozinha das lojas. Por isso o Portal Universal.org destaca as melhores maneiras de se livrar dessas substâncias antes de se alimentar e ficar doente.

Higienização em casa

A maneira mais eficaz de manter a salubridade comendo esse tipo de salada é lavando-a novamente. Para isso a receita é misturar 10 ml de água sanitária com 1 litro de água. Esses são elementos de fácil acesso à toda a população.

Mantenha a salada submersa na mistura por 10 a 15 minutos. Em seguida lave com água corrente. Pronto, você já pode consumir uma salada mais saudável!

Higienização na rua

Evidentemente, quando você está em um restaurante fast food não pode lavar a salada antes de comer. O ideal nesse caso é temperar com vinagre e limão. Essas substâncias têm um grande poder de reduzir a contaminação do alimento.

Não será uma salada completamente limpa, mas diminuirá consideravelmente as chances de sofrer com alguma indisposição posterior.


  • Por Andre Batista / Imagem: iStock 


reportar erro