Rede aleluia

Notícias | 26 de março de 2017 - 03:15


3 dicas para evitar a traição

Pratique-as e mantenha o fantasma da infidelidade bem longe do seu relacionamento

Não há nada mais devastador num relacionamento do que a traição. Ela machuca, fere, desestrutura emocionalmente, causando marcas profundas na pessoa traída e, em alguns casos, em quem trai também.

Sabemos que muitos traem por falta de caráter e de comprometimento dentro do relacionamento. Mas também é verdade que existem homens e mulheres que, apesar de amarem o parceiro, se deixam envolver por outra pessoa e, quando percebem, estão traindo a pessoa amada.

Renato Cardoso, apresentador do programa “The Love School – A Escola do Amor, afirma que é ilusão pensar que quem ama não trai ou não se sentirá atraído por outra pessoa.

Ele diz que isso pode acontecer sim, afinal de contas o ser humano é falho e, se não tomar os devidos cuidados, irá se deparar com situações em que será tentado a trair e trairá.

Então como evitar cair em tentação? Renato ensina o segredo:

“Se eu amo a minha esposa, no momento em que os meus olhos se atraírem por outra mulher, eu fugirei dela. Não mais ficarei olhando nem buscando ocasião para estar perto dela. Não me enganarei achando que sou forte o suficiente, que posso me aproximar dela e brincar um pouquinho porque no final eu saberei parar. Eu sou humano. Posso cair como qualquer homem. Por isso, fujo do mal.”

O apresentador faz um alerta também às mulheres: “Se você mulher ama o seu marido, você não ficará alimentando fantasias em sua cabeça com conversas inapropriadas com outro homem — seja no trabalho, na internet, ou mesmo na sua memória, lembrando de alguém do seu passado.”

As dicas

Embora não haja nada que justifique uma traição, Renato e a esposa, Cristiane Cardoso, dão 3 dicas que, se você as praticar, irá minimizar significativamente as chances de que a traição faça parte da sua vida amorosa.

Vamos a elas:

1ª – Não deixe lacunas no seu relacionamento

Se há uma carência dentro do seu relacionamento e você não está suprindo, abra os seus olhos e comece a trabalhar nesse sentido, do contrário, há um sério risco de chegar uma outra pessoa e suprir aquilo que você deveria estar fazendo ao seu cônjuge e não faz. Sem saber, você está abrindo uma brecha para que aconteça uma traição, embora, como já dissemos, não justifique.

2ª – Escolha bem o seu parceiro

Se você escolhe uma pessoa que já tem histórico de traição, a possiblidade de ela repetir com você é considerável, embora não seja uma regra, afinal, as pessoas mudam. Mas é um sinal vermelho. Ou, então, você se envolve com uma pessoa casada e ainda espera que ela seja fiel a você, sendo que o relacionamento já começou com uma traição?

Escolha bem a pessoa com quem vai se relacionar, verifique o caráter dela, se de fato está disposta a assumir um compromisso com você. Pergunte o que ela pensa sobre traição. Há pessoas que já têm uma posição bem definida, deixam bem claro para a outra que não toleram essa atitude. Você escolhendo bem minimiza bem as chances de sofrer uma traição futuramente.

3ª – Deixe claro que não tolera traição

Deixe bem claro para o seu parceiro ou parceira que em caso de traição irá lhe perder. E, se isso acontecer, cumpra a sua palavra, do contrário, será um estímulo para uma nova traição, já que sabe que você acabará relevando.

Para receber mais dicas de como ser realizado na vida amorosa, participe, todas as quintas-feiras, da Terapia do Amor, no Templo de Salomão ou em uma Universal mais próxima de você. Consulte aqui os endereços.


  • Por Jeane Vidal / Foto: Thinkstock 



reportar erro