Rede aleluia
22% das mulheres flertam pela internet. Isso é traição?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 1 de Abril de 2021 - 18:24


22% das mulheres flertam pela internet. Isso é traição?

Escritor Renato Cardoso explica o que é fidelidade

22% das mulheres flertam pela internet. Isso é traição?

Vinte e dois por cento das mulheres já flertaram pela internet com pessoas que não eram seu cônjuge. Ademais, 61% delas já cometeram algum tipo de traição “psíquica”; ou seja: tiveram relacionamentos emocionais com alguém, sem envolvimento físico. Será que isso é traição?

Os números acima são resultados de um estudo realizado pelo Instituto Francês de Opinião Pública (Ifop) e revela que a maioria das pessoas não considera esse tipo de relacionamento como infidelidade no momento em que estão praticando. Entretanto, admitem que não se sentiriam bem caso soubessem que seu cônjuge age dessa maneira.

De acordo com a explicação do escritor Renato Cardoso, autor de “Casamento Blindado 2.0: Seu Casamento à Prova de Divórcio”, esse sentimento contraditório acontece porque o flerte online ou a traição “psíquica” são sim formas de infidelidade, embora muitas pessoas não as percebam como tal.

Um parceiro fiel é aquele em quem você pode confiar, acreditar sem duvidar”, explica o escritor. É aquele “que lhe permite descansar sem esperar surpresas desagradáveis”.

Isso significa que “fidelidade é muito mais do que não ir para a cama com outra pessoa. Fidelidade é ser confiável em todas as áreas. Especialmente em cumprir com a sua palavra. É fazer o que é esperado de você pela confiança que o parceiro lhe ofereceu”.

Esse e outros ensinamentos podem ser adquiridos participando da Terapia do Amor, que acontece todas as quintas-feiras, na Universal. Clique aqui e saiba quando e onde participar.


22% das mulheres flertam pela internet. Isso é traição?
  • Andre Batista / Foto: Getty Images 


reportar erro