Justiça portuguesa desmente TV que acusa Universal de "adoções ilegais"

Celso Fonseca, do R7

No final do ano passado, a TVI, canal de TV português ligado à Igreja Católica, exibiu uma série batizada de Segredo dos Deuses, em que apresentava supostas denúncias de prática de adoções ilegais em um lar de recolhimento da Universal em Lisboa.

Cercada de um enorme estardalhaço midiático, a série apresentava acusações que se mostraram depois infundadas. A Justiça de Portugal negou a existência da rede de adoção ilegal e atestou que não há "irregularidades na retirada das crianças aos pais", como acusou o canal.

Apesar de as investigações estarem em curso, as autoridades judiciais portuguesas concluíram: “Não existem quaisquer indícios de uma rede de adoções ilegais, nem irregularidades na retirada das crianças ou na atuação dos tribunais”. A informação foi divulgada neste sábado (7) pelo semanário Expresso, um dos mais respeitados veículos da imprensa portuguesa, e encerra o episódio.

Sob o título: Investigação Expresso: Justiça afasta existência de rede de adoções ilegais, o semanário destrói as denúncias. Na reportagem, o Expresso afirma ter tido acesso a íntegra a “todos os processos que envolvem os oito menores” adotados pela Universal e ter falado com todos os envolvidos (instituições, crianças — que são hoje adultos –, pais adotivos e advogados dos pais biológicos).

Com o cruzamento de informações, concluiu-se que os menores levados para o lar de acolhimento da Universal em Lisboa estavam “em risco” quando foram adotados.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente

Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaela Dias, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 2392-3372

Endereço: Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000