Rede aleluia
Falso: Universal instala postes de metal para afastar moradores de rua
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Mitos e Verdades | 2 de Agosto de 2019 - 12:00


Falso: Universal instala postes de metal para afastar moradores de rua

Falso: Universal instala postes de metal para afastar moradores de rua

Mito: Circula no Facebook e no Twitter uma imagem da entrada de um estabelecimento onde, segundo o autor, a Igreja Universal do Reino de Deus teria instalado “postes de metal para impedir um mendigo de permanecer lá”.

Verdade: A postagem é tão absurdamente falsa, que basta olhar o logotipo presente na porta da tal edificação, para perceber que não se trata de um templo da Universal. Segundo comentários publicados na própria postagem, trata-se da entrada de um banco na França.

O fato é que a Universal não afasta os mendigos e o restante da população em situação de rua, mas os auxilia. Os voluntários do programa social Anjos da Madrugada, por exemplo, levam alimento, roupas e cobertores para pessoas em situação de rua, além de serviços de saúde, cidadania e assistência social e jurídica.

Os 25.296 voluntários do grupo mantido pela Universal ajudaram, em 2018, 1.114.684 homens e mulheres em situação de rua.


reportar erro