Rede aleluia
Relacionamento entre pai e filha
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Cristiane Cardoso | 24 de Janeiro de 2023 - 15:30


Relacionamento entre pai e filha

Leia e medite na mensagem de hoje

Relacionamento entre pai e filha

O relacionamento entre pai e filha não é difícil de explicar. Talvez, eu possa resumi-lo em SEGURANÇA.

Meu pai não era de muita conversa na minha infância, nem de brincadeirinhas, ou historinhas. Ele era sério, não porque não tirava tempo para nós, mas porque trabalhava duro para que não nos faltasse nada. Até que nos meus cinco aninhos, ele largou os seus empregos e passou a pregar a Palavra de Deus. Foi então que eu tive ainda menos dele, porque se antes ele trabalhava duro para o homem, agora que era para Deus, ele dava a sua vida.

Desde então, não foi só o fato de meu pai ser trabalhador que me fez admirá-lo, mas o quanto ele sempre me passou segurança.

Segurança de que sabia o que estava fazendo.

Segurança de que não nos abandonaria por outra família.

Segurança de que nos amava ao ponto de se sacrificar por nós.

Segurança de que a sua fé não era da boca para fora, mas praticante.

Segurança que só um homem de verdade é capaz de passar.

Toda filha quer um pai assim. Toda esposa quer um marido assim. Toda mãe quer um filho assim.

E quanto mais ele persevera no que crê e é caluniado e odiado, mais eu o amo e admiro.

Pensa numa filha coruja? Sim, eu sou. E quem não gosta do meu pai, não gosta de mim, afinal, eu sigo os passos dele.


Relacionamento entre pai e filha
  • Cristiane Cardoso 


reportar erro