Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Cristiane Cardoso | 8 de março de 2020 - 05:00


Por que não somos perfeitos?

Veja o que a Bíblia fala a respeito da perfeição

“Eu sou o Deus Todo-Poderoso, anda em minha presença e sê perfeito.” Gênesis 17:1

Então, é possível ser perfeito! Basta andar na presença de Deus, mas como fazer isso todos os dias, todas as horas? Aí que está: é quase impossível, não porque Deus dificulte isso, mas porque nós temos inclinações que nos levam a sair da presença dEle.

É muito comum, depois de um dia trabalhoso, até mesmo dentro da Obra de Deus, o servo de Deus querer “descansar”. E não há nada de errado com isso, exceto a forma que, normalmente, descansamos que não é a mais apropriada. Vemos isso quando estamos no Jejum de Daniel e nos afastamos das informações e de todo tipo de entretenimento do mundo, e como geralmente descansamos? Procurando um filme cristão para assistir. Quer dizer, queremos descansar de forma terceirizada, como se alguém pudesse nos proporcionar o descanso mental que tanto precisamos. Só que não. Durante o tempo daquele filme cristão, não estávamos descansando, mas nos entretendo.

O entretenimento tem sido a maior fonte de distração dos últimos tempos e, por nem sempre aparentar algum mal, aceitamos como uma forma de relaxar. O que nem sempre concluímos é o que ele nos leva a fazer: que é sair da presença de Deus. Isso é bem nítido quando acontece entre as pessoas, quando você está com alguém que está o tempo todo no celular. Ela pode estar ali do seu lado, mas você sabe que ela não está com você. É a mesma coisa que acontece com Deus. Ele está aí, mas será que você está na presença dEle?

Estar na presença de Deus não é estar de joelhos o dia inteiro orando, mas estar em espírito de oração. É claro que temos muitos afazeres no dia, mas isso não significa que não podemos estar em espírito. O problema é que no fundo, achamos que já sabemos de tudo, é por isso que nem sempre incluímos Deus no nosso dia a dia… e é por isso, também, que não somos perfeitos.

Na fé.

 


  • Cristiane Cardoso / Foto: Getty Images 


reportar erro