Rede aleluia
O outro lado da história
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Cristiane Cardoso | 9 de julho de 2020 - 00:05


O outro lado da história

Os ditados populares escondem verdadeiras armadilhas espirituais. Saiba mais

O outro lado da história

A Palavra é uma das ferramentas mais fortes que existe, capaz de matar ou levantar, libertar ou escravizar, direcionar para vida ou para morte. É através dela que Deus tem feito maravilhas tanto no passado quanto nos nossos dias! A Palavra de Deus tem aberto os nossos olhos para enxergar além do que eles veem, ouvir além do que falam por aí, e crer além do que sentimos. E assim como Deus tem usado a Palavra, o diabo também, mais do que nunca!

Hoje, através das redes sociais, o diabo tem causado dúvidas, dissensões, rebeliões, ódio, um verdadeiro caos, não só entre pessoas e pessoas, mas entre o ser humano e tudo o que é divino. E uma das maneiras mais sagazes que o diabo tem feito isso é através de expressões que, aparentemente, parecem fazer todo sentido como “o que importa é ser feliz”, ou “nunca é tarde demais” ou, recentemente, o famoso “tem sempre um outro lado da história”. Ditados esses que não vêm da razão e, sim, de um sentimento manipulado para que a pessoa possa pecar, sem se dar conta disso.

Quando você crê que o que importa é ser feliz, você vai descartar tudo que é certo e justo e fazer o que precisa ser feito pra você se sentir feliz, mesmo que isso signifique acabar com uma família, tirar um homem de Deus do Altar, e ganhar à custa do roubo e da corrupção. Aqueles que dizem “nunca é tarde demais” se esquecem que foi tarde demais para todas as pessoas que estão hoje no inferno urrando de dor… e o que dizer daqueles que enchem a boca pra falar que há sempre um outro lado da história? Vamos lá, então…

Não foi assim que a serpente enganou direitinho a Eva lá no jardim do Éden? Ela propôs um “outro lado da história”. Desde então, o ser humano não aceita só crer, não quer confiar, e sim desconfiar, duvidar, ficar com um pé atrás para tudo que diz respeito a Deus. É só um dissidente qualquer falando mal da Igreja e lá vão as pessoas que querem saber “o outro lado da história”, como se houvesse uma.

O fato de você querer saber o outro lado da história só diz o seguinte: você não crê. Eu não preciso saber do outro lado da história de Deus, da Bíblia, da Igreja, da liderança, nem daqueles que Deus tem usado tanto para me abençoar. O lado que eu vejo é o suficiente para mim e é nele que eu vou crer. A partir do momento que eu quiser ver o outro lado, eu vou estar dando ouvido à serpente, e você já sabe o resto da história.

Pessoas que gostam de levantar outros lados da história não merecem nossos ouvidos. Lembra daqueles que fizeram um bezerro de ouro? Eles se deixaram levar pelo outro lado da história. Quando Moisés desceu do Monte Sinai e viu aquele absurdo, disse: “Quem é do SENHOR, venha a mim. Então se ajuntaram a ele todos os filhos de Levi.” Ex 32:26

Quem não se ajuntou a ele, morreu. Sabe quantos morreram de uma vez só? 3 mil!

Portanto, não há um outro lado. Há só um lado, o lado de Deus. Quem é Dele está deste lado, quem não é fica falando dos vários outros lados que dizem existir por aí. Vá na onda deles e veja aonde você vai parar.

Na fé.


O outro lado da história
  • Cristiane Cardoso / Foto: Getty Images  


reportar erro