Político se recusa ficar a sós com jornalista mulher

Sem se importar com as críticas, ele quer proteger seu casamento. Entenda a polêmica


Por Andre Batista / Imagens: Reprodução Twitter @RoberFoster4MS e @LarrisonCampbell

O candidato a governador do Mississipi (EUA) Robert Foster recusou a solicitação da jornalista Larrison Campbell de realizar uma reportagem especial para um importante jornal local.  Larrison gostaria de acompanhá-lo durante a viagem de campanha, mas Foster disse que isso seria possível apenas se um homem da equipe de Larrison participasse da viagem.

Reportagens em que jornalistas acompanham políticos são comuns. O que foge ao rotineiro é a recusa de um candidato a aceitar essa solicitação. Embora queira ter a publicidade do jornal, Foster não quer descumprir uma promessa feita à sua esposa.

“Eu fiz um acordo com minha esposa de não permanecer sozinho com alguém do sexo oposto”, afirmou o candidato, ressaltando que sua fé cristã o faz pensar primeiro em seu matrimônio e só depois em suas ambições profissionais.

Questionado sobre como seria governador, já que há tantas mulheres na política com quem precisaria conversar a sós, Foster ressaltou que estar em uma sala com secretários na antessala não causa problemas. Mas viajar por 15 horas na companhia exclusiva de uma mulher, sim.

A notícia não foi bem aceita pela jornalista

Larrison Campbell já realizou diversas entrevistas com Foster. Mesmo assim, o acusou de discriminação sexista. Ele se defende alegando que muitas pessoas são maldosas e gostam de inventar boatos que poderiam atrapalhar seu casamento.

“Impressões são realidade neste mundo. E eu não quero dar a ninguém a impressão de que eu estou fazendo algo que eu não deveria estar fazendo”, afirmou Foster.

A decisão de Foster foi tomada alguns meses após o vice-presidente Mike Pence, também do Partido Republicano (o mesmo de Donald Trump) afirmar que também tem um acordo com sua esposa:

“Eu nunca tenho refeições a sós com uma mulher que não seja a minha esposa. E não participo de eventos que sirvam bebidas alcoólicas sem que minha esposa esteja ao meu lado”.

Proteção nunca é demais

A Bíblia orienta:

“Abstende-vos de toda a aparência do mal.”1 Tessalonicenses 5:22

Mesmo assim, a sociedade se espanta quando um cristão honra seu casamento, colocando-o acima de qualquer outra questão.

Infelizmente, muitas pessoas optam por deixar o matrimônio em segundo plano. Dessa forma, mantêm amizades impertinentes e até mesmo mentem ao parceiro para esconder conversas e situações que causariam ciúmes.

Lembre-se: o diabo é o pai da mentira. Se algo te faz esconder a verdade daquela pessoa com quem compartilha a vida é porque não honra o casamento.

Em edição especial do programa Escola do Amor Responde, o escritor Renato Cardoso e sua esposa Cristiane, autores do livro “Casamento Blindado 2.0”, questionaram: Por que criaria eu um problema no meu casamento por uma coisa tão banal?

Renato explicou que a pessoa deve “defender o seu casamento acima de tudo. Vocês têm que estar unidos”.

Dessa forma, relações com o sexo oposto não precisam ser proibidas. Mas, devem ser controladas de maneira que nenhum dos cônjuges se sinta desconfortável. Se há um acordo para não estar sozinho com alguém ou não conversar com determinada pessoa, isso deve ser respeitado.

Hoje em dia, “Não é difícil a pessoa se sentir livre para passar de alguns limites, falar algo que não deveria”, como explica Renato. Assim sendo, “para que, então, flertar com o que é nocivo para o seu casamento?”

Se essa questão é um problema em seu matrimônio, participe da Terapia do Amor, que acontece todas as quintas-feiras, na Universal, e saiba como buscar uma solução. Clique aqui e veja o endereço mais próximo de sua casa.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Político se recusa ficar a sós com jornalista mulher

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games