ESCOLA DE MÃES


A cada dia mais mulheres se tornam mães antes de estarem preparadas. São vítimas da falta de planejamento familiar e, muitas delas, adolescentes, se veem repentinamente diante de um mundo completamente novo e difícil.

Não raro, famílias e parceiros se voltam contra a futura mãe que, sem ter a quem recorrer, cai em vícios e depressão, perdendo todas as forças que possui para lutar. Segundo pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde, somente em 2009, 444.056 jovens, entre 10 e 19 anos de idade, engravidaram no Brasil.

Foi exatamente para orientar as progenitoras nestes desafios diários que, desde 2012, a Universal criou inicialmente o projeto “T-Amar” – que em janeiro de 2018 passou a se chamar “Escola de Mães” -, cujo objetivo principal é auxiliar mães a desvendarem os mistérios da maternidade.

Nele, elas recebem apoio, conscientização e valorização por meio de orientações de fé e conselhos práticos, além de também trabalhar com os filhos ensinando valores como obediência, respeito e disciplina.

Missão complexa

A sociedade, por costumes julgadores que estão entranhados nela há muito tempo, oprime e menospreza todas as mulheres, que, por algum motivo, fogem dos padrões. Quando uma moça engravida sem estar casada, por exemplo, corre o risco de ser desamparada pela família e pelos amigos.

Devolver o respeito e o amor próprio nessas situações é essencial, mas complicado. É preciso trabalhar os lados psicológico, espiritual e material dessas mulheres.

Em um primeiro momento, as novas mães são convidadas a compartilhar suas experiências e, por meio do diálogo, readquirem o respeito próprio e percebem que um filho é, acima de tudo, um presente divino. Elas são auxiliadas a superar os medos e os sofrimentos pelos quais estão passando.

Tendo superado essa fase, é hora de cuidar da gravidez em si. Voluntariamente, psicólogos, ginecologistas e obstetras auxiliam no pré-natal, proporcionando ao bebê um desenvolvimento saudável.

Nascimento profissional

Naturalmente, é preciso mais do que recuperação psicológica para criar uma criança. Todo bebê necessita de atenção, alimentos, roupas, remédios e cuidados que custam caro. Mães que não estão empregadas carecem de uma renda para dar ao filho tudo o que ele necessita.

Conhecendo essa carência, o grupo, por meio de voluntários, oferece cursos profissionalizantes de artesanato, manicure, pedicure, cabeleireiro, maquiagem e computação. Dessa maneira, as mulheres ganham espaço no mercado de trabalho para atender às necessidades da criança.

Ademais, advogados e assistentes sociais também se voluntariam no atendimento às gestantes que necessitam de seus serviços.

Caso tenha interesse em participar, procure a Universal mais próxima de sua casa e se informe. Clique aqui e encontre o endereço.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

ESCOLA DE MÃES

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games