Rede aleluia

Notícias | 4 de julho de 2019 - 10:41


Será que você está limitando a ação de Deus?

De segunda a sexta, às 23h30, ocorre a oração da meia-noite, no Templo de Salomão

Certa vez, o Filho de Deus fez um alerta: “Responderam, e disseram-Lhe: Nosso pai é Abraão. Jesus disse-lhes: Se fôsseis filhos de Abraão, faríeis as obras de Abraão.” João 8:39

Muitas pessoas se consideram filhas de Deus, mas não possuem a atitude de Abraão. Porque, o patriarca da fé não ficou esperando algo acontecer em sua vida. Tão pouco questionou o Altíssimo. Somente obedeceu a voz que lhe orientou rumo à Canaã.

“Uma porta: é tudo o que lhe separa da vida que você tem, da vida que Deus tem para você. Uma coisa é a vida que você quer, outra coisa é a vida que Deus tem para você. Porque, Abraão queria um filho. Era a vida que ele queria. Mas, a vida que Deus queria para Abraão era infinitamente maior. Ao ponto de Deus chamá-lo para fora da tenda, olhar para o céu e contar as estrelas. Porque assim seria a descendência dele. A pessoa quer resolver o problema, quer uma bênção. Mas, o que Deus tem para ela é infinitamente maior do que isso”, enfatizou o Bispo Renato Cardoso, durante a “Oração da meia-noite”, realizada no Templo de Salomão.

Seja obediente à voz de Deus

É natural que a pessoa queira resolver os problemas. Mas, para isso, é preciso estar no centro da vontade de Deus.

“É por isso que a gente vê que Abraão não negou colocar Isaque no Altar. Porque, se ele fosse olhar para o sonho dele, se ele fosse egoísta, ele diria: ‘não, eu já consegui o que eu queria’. Mas Abraão sabia que aquela aliança não era mais para a realização do sonho dele. Era para a realização do sonho de Deus. Aquelas pessoas que são filhas de Abraão, elas não se dão por satisfeitas. Porque o que elas têm conquistado ainda é pouco perto daquilo que Deus tem para a vida delas”, acrescentou o Bispo Adilson Silva, que também participou da oração.

Não limite a manifestação do poder de Deus

Quando a pessoa deixa de usar a fé, ela não somente está abandonando os sonhos de Deus, como também está limitando a ação dEle.

“É por isso que há dentro de nós essa revolta. Porque nós sabemos que Deus é grande. Então, coisas grandes têm que acontecer. Nós estamos revoltados com a situação dessa pessoa, ao ponto de estarmos todos os dias aqui orando. Mas, e você? Você que está na pobreza, na doença. Nós não estamos chamando você para mudar de religião, para abraçar uma filosofia de vida. Nós estamos lhe chamando para passar por essa porta. E conhecer o Deus vivo que mudou a vida de Abraão. Quando chegou a vez de Abraão, ele fez a parte dele. Quando chegou a vez das pessoas dos testemunhos que nós mostramos, elas fizeram a parte delas. Agora, é a sua vez, para que seja o próximo testemunho deste Altar”, completou o Bispo Carlos Cucato.

Oração da meia-noite

De segunda a sexta, às 23h30, o Bispo Renato Cardoso, ao lado de outros bispos e pastores, realiza a oração da meia-noite, na esplanada do Templo de Salomão.

Confira, no vídeo abaixo, a 13ª oração realizada, no dia 3 de julho, em favor dos que creem:

O momento da oração está sendo transmitido ao vivo pela Rede Aleluia de rádio (99,5 FM), Univer Vídeo, pelo Facebook da Universal. Participe.


  • Daniel Cruz / Foto: Reprodução 


reportar erro