Rede aleluia

Notícias | 15 de setembro de 2019 - 00:05


Resiliência: como desenvolvê-la?

Saiba como alcançar bons resultados na área profissional mesmo diante de obstáculos

Você pode ter ouvido falar de resiliência, mas sabe o que significa? Segundo os princípios da Física, é a capacidade de um material resistir a grandes impactos ou deformações e depois voltar à sua forma original. No sentido figurado, é ser capaz de se adaptar e de se recuperar.

O mundo corporativo pegou a palavra emprestada da Ciência para definir um tipo de trabalhador muito requisitado atualmente pelas empresas, segundo explica a estrategista em planejamento de carreira Patricia Dalpra, do Rio de Janeiro: “o profissional resiliente é aquele que tem firmeza de propósitos, administra bem situações desconfortáveis, supera obstáculos, tem inteligência emocional e sempre chega ao fim na execução das suas tarefas”.

Ser resiliente no trabalho é uma característica que as empresas exigem dos profissionais que ocupam cargos mais altos. “Ser um profissional resiliente pode trazer benefícios incríveis não apenas para a empresa, mas para o próprio futuro de sua carreira”, diz Patricia.

Por isso, é importante se tornar um profissional com esse perfil. “Diante dessa realidade, saber ao certo o que é resiliência profissional e como desenvolvê-la pode ser muito interessante”, alerta Patricia. Sim, você entendeu corretamente: a especialista afirma que a resiliência pode ser desenvolvida e aprimorada. Mas ela ressalta que isso só acontece se o profissional “adota as posturas mais adequadas e tem um posicionamento estratégico diante dos desafios da carreira”.

Superação
Analisando o significado de resiliência, percebemos que a palavra superação se relaciona a ela. É por meio de ambas que muitas pessoas alcançam vitórias em muitas áreas além da profissional: na amorosa, na saúde, nos estudos, na financeira e, sobretudo, na espiritual, que influencia todos as anteriores.

Vale enfatizar que não basta ter conhecimento técnico se você não souber usá-lo e adequá-lo à realidade interna e externa da empresa em que trabalha. Para isso, é preciso enxergar soluções quando os problemas surgem e executá-las com os meios disponíveis. E tem mais: o desenvolvimento da resiliência depende dos valores pessoais e do controle das emoções. Ou seja, também é importante estar satisfeito internamente.

Nas palestras da Nação dos 318, que acontecem às segundas-feiras no Templo de Salomão ou em uma Universal mais próxima, você aprende características que também ajudam a desenvolver a resiliência.


  • Marcelo Rangel / Foto: Getty Images 


reportar erro