Rede aleluia

Notícias | 6 de outubro de 2019 - 00:05


Que darei eu ao Senhor?

Entenda a importância de presentear a Deus em gratidão por todas as conquistas que Ele tem lhe proporcionado

Quando você começou a sua caminhada com o Senhor Jesus? Você consegue se recordar do dia em que teve um encontro com Ele? Como estava a sua vida antes disso e quanto ela mudou desde que você começou a segui-lo?

Diariamente, na Universal, recebemos notícias de pessoas que foram curadas de enfermidades, se libertaram da depressão ou de vícios, tiveram suas famílias transformadas para melhor, cresceram profissionalmente, se realizaram na vida amorosa e, acima de tudo, foram batizadas com o Espírito Santo, que é a maior de todas as bênçãos que alguém pode receber de Deus.

Talvez a sua história esteja incluída nesta lista. Talvez você também tenha um testemunho para contar sobre o que o Senhor Jesus fez em sua vida. E, com certeza, quando você se recorda do que aconteceu, logo surge um desejo de gratidão para com o Altíssimo, não é mesmo?

Será que é possível retribuir o que Deus fez?
Como presentear Aquele que é Rei sobre todas as coisas? Como agradecer Aquele cujo o Céu é o Seu trono e a Terra é o estrado dos Seus pés (Isaías 66.1)? Saiba que há uma maneira de você retribuir o que Ele fez na sua vida. Na Bíblia, encontramos um salmo de amor e gratidão para com Deus: “Que darei eu ao Senhor, por todos os benefícios que me tem feito? Tomarei o cálice da Salvação, e invocarei o nome do Senhor.” (Salmos 116.12-13).

“Diante de tanta benignidade e fidelidade do Todo-Poderoso, o salmista indaga como conseguirá demonstrar gratidão suficiente. Os benefícios que recebemos de Deus são abundantes e encontramos nas Escrituras o que Ele deseja de nós: que tomemos do cálice da Salvação, isto é, que entreguemos a nossa vida a Ele e Lhe obedeçamos; que invoquemos o Seu Nome, com o firme compromisso de buscar a Sua presença; e que cumpramos nossos votos, vivendo a fé e dando genuíno testemunho a todos ao nosso redor”, escreve o Bispo Edir Macedo em suas anotações de fé, sobre esta passagem especial.

A pessoa salva quer salvar
Quem recebeu tamanha graça tem o desejo de compartilhá-la com familiares, amigos, conhecidos e até desconhecidos. Quer mostrar para os abatidos de espírito e para os quebrantados de coração, por exemplo, que há uma saída para
o vazio que vivem.

Portanto, se você deseja presentear a Deus, em gratidão por tudo o que Ele lhe fez, e promover uma festa no Céu, ganhe almas para o Reino dEle. O próprio Senhor Jesus afirmou: “Digo-vos que assim haverá alegria no Céu por um pecador que se arrepende…”. (Lucas 15.7).

Grande celebração
É por este motivo que, em toda a Universal, todos os participantes do encontro especial serão convidados a beber do cálice, citado pelo salmista. No dia 13 de outubro, no encerramento do Jejum de Daniel, vamos agradar ao Espírito Santo convidando muitas pessoas para estarem conosco neste dia. Será uma celebração espiritual. Para isso, convide todos que você conhece para essa grande festa e compareça ao Templo de Salomão, em São Paulo, ou em uma Universal mais próxima de sua casa (confira os endereços em universal.org/localizar).


  • Daniel Cruz / Foto: Getty Images 


reportar erro