Rede aleluia

Notícias | 10 de setembro de 2019 - 12:51


Projeto Consolador Desaparecidos leva fé aos familiares

O objetivo é alcançar todos os que têm na família alguém desaparecido e estejam passando por essa dor. Veja como foi a ação com o grupo Mães da Sé

Mais forte do que a dor pela morte de um ente querido é a de não saber onde ele está. De 2007 a 2017, de acordo com dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 786 mil pessoas desapareceram no Brasil. Esse é um drama que acompanha milhares de pessoas que, muitas vezes, passam décadas sem notícias do paradeiro de seu familiar.

Com o intuito de dar apoio às famílias de pessoas desaparecidas, o grupo Consolador – um dos braços da Evangelização da Universal – deu início ao projeto Consolador Desaparecidos. No dia 18 de agosto, os voluntários do projeto realizaram uma ação com a Associação Brasileira de Busca e Defesa a Crianças Desaparecidas (ABCD), conhecida como Mães da Sé.

“O Consolador é um projeto que já existe para assistir famílias em momentos de luto, nos velórios e cemitérios, e durante acontecimentos trágicos. Porém percebemos que ter alguém que amamos desaparecido acaba sendo um luto interminável. Por isso, enxergamos a necessidade de criar um projeto especializado para ajudar essas pessoas. O objetivo é alcançar todos os que têm na família alguém desaparecido e estejam passando por essa dor”, comentou o Pastor Renê Moraes Pereira, responsável pelo grupo Consolador em São Paulo.

Ação com o Mães da Sé
Na ação com o Mães da Sé, evangelistas do grupo Consolador levaram mensagens de fé e realizaram orações pelas famílias. O encontro aconteceu no local em que o grupo de mães, que luta para encontrar os filhos desaparecidos, se encontra mensalmente: a Praça da Sé, marco zero da capital paulista. Todo mês elas se reúnem e levam cartazes com fotos dos desaparecidos na esperança de reencontrar seus entes queridos.

Segundo Ivanise Esperidião, fundadora e presidente da associação, esse acolhimento é muito importante para o grupo. Ela também está em busca da filha desaparecida há 24 anos. “Somos muito gratas a todo o acolhimento que recebemos dos voluntários. Eu acredito que essa nova parceria que está nascendo com a Universal é um plano de Deus em nossas vidas. E creio que muitas pessoas serão encontradas.”

A ação do Espírito Consolador
O projeto Consolador Desaparecidos atuará semanalmente com os grupos e associações e nas ações que são realizadas nas ruas por essas instituições. E também fará visitas nas residências de famílias – que já estão sendo cadastradas pelos voluntários.

“Ouvir, compartilhar a dor e transmitir a fé e a ação do Espírito Consolador fazem toda a diferença neste momento. O contato com o Mães da Sé foi muito proveitoso. Percebemos que a mensagem que levamos e o fato de estarmos ali fortaleceram e confortaram muitas delas.

Por enfrentarem umas das mais cruéis sensações, que é a dúvida, a fé faz toda diferença. A fé é a arma que neutraliza a dúvida”, concluiu o Pastor Renê.

Se você se interessou em ser um voluntário nesse ou em outros projetos, acesse universal.org e se informe.


  • Michele Roza / Fotos: Cedidas 



reportar erro