Rede aleluia

Notícias | 15 de setembro de 2019 - 00:05


Por que é necessário ser gentil?

Entenda o quanto essa característica pode ajudá-lo a ser melhor

Você já deve ter visto por aí circulando na internet, nas redes sociais ou até nos grupos de WhatsApp a frase “gentileza gera gentileza”. Ela é simples, mas bastante profunda. Estamos tratando disso aqui pelo fato de que praticar a gentileza nem sempre é uma atitude comum do homem. Por ser naturalmente bruto, indelicado e até grosseiro, muitas vezes, ele tem grande dificuldade de ter essa característica em seu comportamento, afinal, sensibilidade geralmente não é o seu forte.

Quem não conhece alguém bravo, com atitudes intolerantes e que, por consequência, se torna um grande antipático? Se formos examinar mais a fundo as ações desse homem, vamos notar que elas ficam cada vez piores. Mas o que ele não consegue enxergar é que, com certeza, terá – se é que já não tem – vários problemas de relacionamento.

E é aqui que está o fio condutor da nossa conversa. Esse perfil, que todo mundo conhece ou até acaba identificando com o seu em algum momento da vida, pode prejudicar, inclusive, o casamento. Na vida a dois, atitudes sem gentileza são extremamente danosas, criam tumultos e podem até causar o fim do relacionamento.

Se com os amigos e colegas de trabalho a falta do uso de expressões educadas como “por favor”, “com licença”, “obrigado” e “me desculpe” são essenciais ao bom relacionamento, imagine no casamento. O primeiro sintoma da falta de gentileza na relação a dois é a distância que gradativamente vai aumentando entre o marido e a esposa. Depois, as conversas diminuem e os momentos mais íntimos se tornam frios e cada vez mais esporádicos.

Porém isso não quer dizer que esse homem não possa mudar. A natureza rude dele pode ser transformada para que ele se torne mais gentil e educado. E, para aqueles que têm algum receio quanto a essa característica, vale lembrar que educação não significa perda de masculinidade. Não. Essa mudança será uma prova de sua inteligência. Afinal, quem não vai querer tomar uma atitude que pode facilitar as relações com os colegas de trabalho e, melhor ainda, contribuir para o casamento?

Para ajudar nesse processo, tente algo que pode ser posto em prática no seu dia a dia e que vai melhorá-lo como homem e na relação com sua esposa, seus amigos e seus colegas de trabalho. Se você não abre a porta do carro para a sua esposa, comece com essa iniciativa e não tenha medo de parecer antiquado. Outra dica é se oferecer para carregar qualquer coisa pesada que ela esteja levando. Na mesa, por exemplo, que tal deixá-la se servir antes de você e atentar também para não comer com a boca aberta.

Lembre-se que é preciso praticar com todos à sua volta algumas atitudes como essas até incorporá-las definitivamente na sua vida, de modo que se tornem espontâneas. De nada vale apenas querer mudar sem agir de verdade. Atitude e inteligência vão lhe ajudar nessa hora e essa mudança lhe trará resultados significativos.


  • Eduardo Prestes / Foto: Getty Images 


reportar erro