Rede aleluia

Notícias | 16 de setembro de 2019 - 12:55


Palestra sobre o câncer é realizada na África do Sul

Cerca de 700 pessoas participaram do evento promovido pelo grupo Mulheres em Ação

O câncer é a segunda principal causa de mortes no mundo. Em 2018, mais de 9,6 milhões de pessoas morreram em razão da doença, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Como forma de alertar os jovens, de maneira clara e simples, para essa realidade, o grupo Women in Action (Mulheres em Ação) da África do Sul realizou uma ação na capital do país, Cape Town (Cidade do Cabo).

O grupo formado por esposas de pastores foi criado há 11 anos por Márcia Pires, esposa do Bispo Marcelo Pires, responsável pelo trabalho da Universal na África do Sul. Desde então, vários projetos são promovidos, como o de conscientização sobre abusos contra mulheres e crianças, e periodicamente são feitas visitas a hospitais, lares e comunidades, quando também são transmitidas palavras de fé e incentivo. ela venceu a doença

A ação que ocorreu no dia 29 de julho reuniu cerca de 700 estudantes e educadores da Delft Technical High School. A instituição de ensino é especializada em educação técnica e oferece cursos de engenharia gráfica, elétrica e ciências físicas, entre outros. O objetivo principal foi levar aos adolescentes a conscientização sobre o câncer, pois muitos jovens da região ainda têm um entendimento limitado do assunto.

A palestra foi ministrada por Alessandra Barreto, voluntária do grupo Mulheres em Ação, que contou sua experiência de vencer o câncer e se curar. O testemunho dela ajudou a abrir a visão de muitos estudantes, que, muitas vezes, têm familiares sofrendo com a doença e não sabem como agir. A conscientização ajuda a compreender e respeitar a dor do próximo e a apoiá-lo, em vez de ignorá-lo ou desprezá-lo.

Um dia marcante
A voluntária Ariane Menezes, de 35 anos, está sempre presente às ações do grupo. Para ela, esse dia foi muito marcante e um excelente trabalho de conscientização foi realizado com os jovens. “Todos estavam muito atentos, pois foram informados do afastamento do diretor da escola por motivo de saúde (a descoberta de um câncer). Ganhar a atenção de tantos jovens de uma só vez é sempre muito desafiador.

A experiência foi surpreendentemente agradável. Ficamos felizes com o relato de um dos alunos que agradeceu por nos importarmos com eles e por estarmos ali levando a conscientização a todos. Sua mãe estava internada no hospital e ele estava grato com o trabalho voluntário que fizemos.”

Trabalho social e voluntário
O Mulheres em Ação é um dos seis grupos registrados no Controle Mundial de Câncer (UICC) e, por isso, a Universal aparece no mapa mundial da organização como membro ativo no combate ao câncer.


  • Michele Roza / Fotos: Cedidas 


reportar erro