Rede aleluia

Notícias | 1 de setembro de 2019 - 00:05


Ela mudou de pensamento

A empresária Belques Flores conta como prosperou na área da estética com o apoio da fé e de uma nova forma de pensar que lhe deu direção e confiança

Quem vê a empresária Belques Flores de Lima em seu centro estético no Rio Grande do Sul não imagina que durante muitos anos ela trabalhou como funcionária. “Já fui guardinha de supermercado e ficava correndo entre as gôndolas da loja”, lembra.

A decisão de ser empregada partiu da crença de que assim ela garantiria renda para a família. “Eu tinha um curso de massoterapia, era formada havia dez anos, mas, no decorrer da vida, eu me separei e precisava sustentar meus três filhos. Abri mão do meu sonho para ter salário fixo e benefícios.”

Belques chegou a ocupar um cargo de confiança na empresa em que atuava, mas a rotina era estressante e não lhe trazia satisfação. “Eles me sugavam até não poder mais. Meu gerente me ligava quando eu não estava no local, até que um dia eu me revoltei e pedi demissão”, detalha. Na época, ela havia conhecido o atual marido, Karlhans Bruzzo.

O que fazer?
Sem emprego e sem renda garantida, Belques começou a atuar como massoterapeuta, de forma improvisada, na cidade gaúcha de Canoas. “Eu atendia em um salãozinho de beleza, mas não rendia nada, até que uma cliente me indicou um espaço dentro de uma academia”, afirma.

A primeira sala de Belques media dez metros quadrados. Em pouco tempo, ela encheu a agenda de atendimentos, mas a maioria das pessoas acabava cancelando o serviço marcado. O negócio ficou estagnado. “Eu estava preocupada, não era normal. Então meu marido teve a ideia de participar de uma reunião da Universal. No início eu não queria, mas fui uma, duas, três vezes e as clientes começaram a aparecer”, explica.

Mudança de visão
À medida que a carteira de clientes aumentava, Belques também notou mudanças em sua forma de pensar. “Comecei a ser fiel à Palavra de Deus e passei a ser dizimista.” Segundo ela, sua visão mudou e ela enxergou novas possibilidades de crescimento. “Fiz uma Fogueira Santa quando ainda não tinha nada. Alguns dias depois, recebi a notícia de que eu tinha ganhado uma causa que estava há anos na Justiça. Aí começou uma revolução”, destaca. Com o dinheiro que conseguiu, Belques alugou uma sala de 60 metros quadrados e convidou mais pessoas para trabalhar. Seu negócio passou a oferecer outros serviços ligados à área da beleza.

Novo salto
Em janeiro deste ano, ela ampliou mais uma vez seu centro estético. Desta vez, o local foi transferido para um bairro nobre da cidade. “Eu tinha feito uma Fogueira Santa no fim de 2018 e em janeiro surgiu a oportunidade de comprar o centro estético que tenho hoje de forma parcelada.”

Atualmente, o negócio de Belques tem 16 funcionárias e chega a atender 3 mil pessoas por mês. Segundo ela, as transformações estão relacionadas à fé. “Trabalho com massoterapia há três anos e hoje minha clínica tem serviços de cabelo, embelezamento de pés e mãos, micropigmentação de sobrancelha e cuidados corporais e faciais. Antes eu achava que não conseguiria prosperar, mas, quando comecei a praticar a fé inteligente, me fortaleci e passei a tomar decisões mais assertivas. Hoje não tenho medo, pois confio em Deus, sempre peço direção a Ele e não deixo de frequentar as reuniões da Nação dos 318”, revela a empresária.

“Mente de possuidor”
O que significa a mudança de mentalidade vivida por Belques? “Ter a mente de possuidor é ter a mente inspirada por Deus para abrir o seu próprio negócio, ser dono, ser patrão. Quando a pessoa tem a mente do possuidor, ela se torna inconformada com as limitações humanas e passa a ter a visão de Deus para sair de qualquer situação ruim”, esclarece o Bispo Clovis Bacelar, que ministra as reuniões da Nação dos 318, às segundas-feiras, na Catedral da Universal em Porto Alegre (RS). “Como o Bispo Macedo nos ensina, a pessoa precisa depender da sua própria fé sem comer pelas mãos dos outros. Isso é usar a fé inteligente”, acrescenta.

Como mudar?
Segundo o Bispo, as reuniões da Nação dos 318 oferecem muitos ensinamentos para quem deseja prosperar nos negócios. “Através das orações poderosas, a pessoa vai receber de Deus direções para enriquecer, já que riquezas não são feitas somente de dinheiro, mas de grandes ideias. Nas palestras a pessoa aprende a ter confiança em si mesma para desenvolver seu próprio talento.”

Por fim, o Bispo destaca a importância de seguir todos os ensinamentos bíblicos e cita o livro de Malaquias 3.18: “Se há fidelidade a Deus, então haverá diferença na vida da pessoa. Mas se não há compromisso da pessoa com Deus, como Deus terá compromisso com ela? Somente através da fidelidade nos dízimos e ofertas que o espírito devorador é repreendido, a pessoa conquista as promessas contidas na Palavra de Deus para os fiéis e o Senhor Jesus se torna seu sócio”, finaliza.


  • Rê Campbell / Fotos: Getty Images e Cedida 


reportar erro