Rede aleluia

Notícias | 10 de novembro de 2019 - 00:05


A sua vida é resultado de uma aliança

Marcos, Liliane, Caroline, Eduardo, Nicolas e Camilla tiveram grandes transformações de vida em 2019, incluindo restauração do casamento, contratos de milhares de reais, quitação de dívidas, fim do vício e emprego novo. Saiba como eles conquistaram tudo isso

Você sabe o que é uma Aliança com Deus? A resposta para esta pergunta está nos ensinamentos bíblicos. Como indica o livro Êxodo, a condição dos filhos de Israel no Egito era de sofrimento e escravidão. Foi assim por muitos anos até que o povo hebreu clamou a Deus por mudanças. “E ouviu Deus o seu gemido, e lembrou-se Deus da sua aliança com Abraão, com Isaque, e com Jacó; E viu Deus os filhos de Israel, e atentou Deus para a sua condição.” (Êxodo 2.24-25).

Por causa dessa Aliança, o povo hebreu se tornaria livre e tomaria posse da promessa feita a Abraão. Entretanto a Aliança só se concretizou depois que os filhos de Israel cumpriram a sua parte no compromisso assumido. Depois de séculos, o povo se libertou da escravidão e conquistou os despojos dos egípcios. Com a abertura do Mar Vermelho, os hebreus tiveram acesso a umanova vida.

Como nos tempos antigos, a promessa de Deus segue viva. Isso significa que Deus está buscando pessoas que queiram fazer com Ele uma Aliança de fidelidade para mudar a própria condição. Você deseja transformar a sua vida ainda neste ano? A seguir você poderá acompanhar as histórias de quatro casais que fizeram uma Aliança com Deus e passaram por mudanças surpreendentes. Ao longo do texto, você vai descobrir como eles saíram de uma vida de desobediência à Palavra para um verdadeiro compromisso com Deus.

Desanimado
No início deste ano, Marcos de Almeida Chibly, (foto abaixo) de 41 anos, percebia que sua vida não andava. Por mais esforços que fizesse, tudo seguia parado. Sua empresa de seguros estava em uma situação ruim. “Eu estava para baixo, desanimado, sem saída.”

pacto, brigas no casamento, fé inteligente,  amor

Marcos, que sempre foi cristão, começou a orar de forma mais intensa. Ele buscava respostas para as suas angústias. “Minha empresa tinha três anos, mas não saía do lugar. Eu também estava brigando muito com a minha esposa.”

Em uma de suas orações, Marcos recebeu uma direção: “percebi que precisava procurar um lugar onde as pessoas tivessem a mesma Fé que eu. Pensei em Salomão e lembrei do Templo de Salomão, então decidi ir. Entendi que Deus me direcionou para lá.”

Ele participou da reunião da Nação dos 318 em uma segunda-feira de março. “Recebi uma injeção de ânimo e entendi que a presença de

Deus estava naquele lugar. Comecei a ir ao Templo às segundas e quartas-feiras.”

Obediência
Em busca de uma transformação de vida, Marcos decidiu fazer um compromisso. Ele era cristão, mas admite que ainda tinha hábitos que não condiziam com a Palavra de Deus. Obedecendo aos ensinamentos bíblicos que aprendeu nas reuniões da Universal, ele escolheu abrir mão do que considerava prejudicial à sua Fé. “Decidi obedecer a Deus e eliminei qualquer coisa que pudesse desagradá-Lo. Deixei de beber, saí de grupos de WhatsApp em que as pessoas compartilhavam pornografia e sacrifiquei radicalmente os meus maus hábitos.”

Nova visão
A partir do momento que firmou a Aliança com o Altíssimo, Marcos conta que sua visão de mundo se transformou. “Comecei a me sentir mais fortalecido espiritualmente e a ter mais clareza, passei a ver Deus em todas as coisas.” Para ele, cada ensinamento se transformou em novas ideias. “Após uma das reuniões, percebi que precisava entrar em contato com as pessoas que eu já conhecia, clientes antigos, para oferecer meus serviços.”

Há cerca de dois meses, Marcos teve outra inspiração. “Deus me deu a ideia de criar um serviço na área de tecnologia para um antigo cliente da empresa de seguros. Tenho experiência na área e criei uma solução para ele. Ele gostou e fechei meu primeiro contrato no valor de R$ 300 mil.” Marcos já enviou outros orçamentos na área de manutenção de softwares e infraestrutura de redes. “Tenho outros contratos grandes em negociação.”

Fé inteligente
A empresa de seguros, que é de Marcos e de sua esposa, Liliane, também voltou a atrair clientes. “Estamos recebendo muitas pessoas em busca de planos de saúde e acabamos de firmar um contrato com um condomínio inteiro.”

Além disso, Liliane, que é advogada, começou a prospectar clientes em sua área de atuação. “Deus se manifesta a partir de nossas atitudes.

Ela começou a se mover e já estão aparecendo clientes.” Para Marcos, as conquistas que ele e a esposa tiveram neste ano estão relacionadas à prática da Fé inteligente. “Minha visão de mundo mudou, o Espírito Santo está comigo me dando direção.”

Compromisso essencial
O Bispo Allan Sena, responsável pelas reuniões da Nação dos 318 no Templo de Salomão, em São Paulo, explica que é comum encontrar pessoas que estão lutando pela vida financeira sem obter resultados satisfatórios. Mas por que muitos não conseguem a mudança de vida que desejam? “O povo se esforça muito porque tem Fé de alcançar algo melhor. O problema não é a falta de Fé, mas usá-la de uma maneira inteligente e prática.”

O Bispo destaca que a Aliança com Deus é essencial para os que querem construir uma nova história. Para isso, entretanto, é necessário obedecer e estar disposto a sacrificar. “A Aliança com Deus tem seus deveres e compromissos que devem ser obedecidos e é isso que ensinamos nas reuniões.”

Ele ainda acrescenta que a Fé impulsiona todas as mudanças: “em primeiro lugar, a Fé nos ensina a acreditar em nossa própria capacidade. E, em segundo lugar, ela nos faz crer sobretudo em um Deus vivo que é maior do que toda má situação vivida. Por isso que, ainda que os problemas que enfrentamos sejam maiores do que a capacidade humana, sabemos que Deus tudo pode e tudo consegue.”

Brigas no casamento
A engenheira mecânica Caroline Furlan, (foto abaixo) de 35 anos, conta que já viveu muitas dificuldades com o marido, o engenheiro de produção Eduardo Furlan, de 38 anos. Os dois se conheceram há mais de uma década. “Na época, eu estava afastada da igreja. Foi um relacionamento relâmpago, fomos morar juntos em três meses.” Em pouco tempo, as dificuldades de convivência surgiram. “Virei uma ciumenta possessiva. Se ele não atendesse o telefone, eu já brigava. A situação foi piorando até que ele disse que não aguentava mais e iria embora.”

estrutura, aliança, disposição, escolhas, vontades

Para tentar salvar o relacionamento, Caroline sugeriu que eles frequentassem as reuniões da Universal. “Começamos a ir só aos domingos. As coisas melhoraram, mas ainda tínhamos probleminhas. Eu, por exemplo, não aguentava desaforo, não dava tempo para esfriar a cabeça e às vezes falava coisas que magoavam. Ele, por sua vez, assistia pornografia.”

Pacto com Deus
Alguns anos depois, o casal se deparou com outra situação difícil: Eduardo ficou desempregado e Caroline desenvolveu síndrome do pânico. Ela conta que foram vários meses de angústia. “Um dia, sentamos para conversar e percebemos que precisávamos mudar de fato. Resolvemos assumir nosso compromisso com Deus.”

Caroline afirma que os dois fizeram uma revisão de suas atitudes. “Começamos a obedecer a todos os ensinamentos da Palavra de Deus.

Antes nós fazíamos pela metade, escolhíamos o que faríamos ou não. Dessa vez, cortamos o que era prejudicial e mudamos nossos comportamentos. Nosso relacionamento ficou mais transparente.” E, segundo ela, as reuniões da Terapia do Amor ajudaram a fortalecer ainda mais a união.

A Aliança com Deus logo trouxe resultados. “Eduardo conseguiu um emprego com um salário maior e eu estava curada em menos de quatro meses e também consegui um bom emprego.” Eles já eram casados no civil, mas no ano passado decidiram se casar diante de Deus. “Estávamos casados há dez anos, mas decidimos casar na Terapia do Amor e foi um momento muito especial”, lembra Caroline, acrescentando que o filho de 7 anos participou da cerimônia. “Aprendemos que a Aliança com Deus depende da obediência.”

Estrutura
O Bispo Adilson Silva, (foto abaixo) responsável pelas reuniões da Terapia do Amor no Templo de Salomão, em São Paulo, lembra que um relacionamento de sucesso não nasce pronto. “As pessoas acreditam que quando sentem amor por alguém que corresponde a esse sentimento isso é o suficiente para que tudo dê certo. Porém, quando surgem as diferenças, vêm as brigas e elas acabam desistindo, achando que aquela não era a pessoa certa.”

inteligência, confiança, fé, prática, hábitos

Segundo o Bispo, a Aliança com Deus é um passo fundamental para quem deseja construir um relacionamento saudável. “Fazer uma Aliança com Deus significa se entregar a Ele e ter disposição para pautar suas escolhas na vontade dEle. Uma Aliança com Deus traz a estrutura necessária para que a pessoa esteja preparada para fazer bem a outra. Quem tem vida com Deus já está feliz e quando encontrar alguém vai compartilhar essa felicidade.”

Faltando menos de dois meses para o fim do ano, será que é possível fazer algo pela vida amorosa? O Bispo Adilson garante que nunca é tarde para investir nisso. “Quem começar a fazê-lo agora certamente terá progresso ainda neste ano. Mas isso não significa que a pessoa deva ficar ansiosa e achar que antes que o ano termine ela tem que ter encontrado alguém ou resolvido tudo na sua vida amorosa. O importante é que a pessoa busque estar bem e ficar livre de ansiedade é parte disso.”

Deus em primeiro lugar
O advogado Celso Diniz, (foto abaixo) de 49 anos, passava por uma situação difícil em 2018: ele acumulava dívidas e não conseguia se estabelecer na profissão. “Eu estava desacreditado, na miséria, humilhado por todos. Sou formado em Direito desde 2016, mas as coisas não aconteciam.”

fé, confiança, atitude, decisão

Celso diz que não via saída, até que um dia acompanhou um programa da Universal pela televisão. “Eu já tinha frequentado a Universal há uns cinco anos, mas nunca tive compromisso. Dessa vez, decidi ir e obedecer aos ensinamentos.”

Ele começou a participar das reuniões da Nação dos 318. “Desde o primeiro dia entendi que não conseguiria nada pela força do meu braço. Eu precisava seguir a Palavra à risca. Coloquei Deus em primeiro lugar em minha vida. Queria resolver a minha situação, então ‘parti para o tudo ou nada’ em uma Fogueira Santa.”

Ele revela que ficou surpreso quando recebeu a ligação de um advogado que não via há muito tempo. “Eu tinha conhecido esse advogado há dois anos, achava que ele nem lembrava mais de mim. No dia seguinte ao meu sacrifício, ele me ligou e fez uma proposta para que eu entrasse com ele em um contrato de prestação de serviços.”

Com a nova renda, Celso conseguiu negociar e quitar as dívidas. Depois, abriu um escritório em Alphaville, área nobre da Grande São Paulo. Celso, que antes andava a pé, comprou um carro e agora se prepara para abrir uma construtora. “Tudo que não aconteceu nos últimos 15 anos aconteceu em 2019.” Para Celso, a explicação para a guinada na carreira é simples: “antes nós usávamos a Fé de forma emocional. Quando passamos a usar a Fé inteligente e a sacrificar, as coisas começaram a fluir. Agora obedecemos ao que está na Palavra de Deus.”

Válvula de escape
Durante alguns anos, o bancário Nicolas Silva Santos, de 26 anos, enfrentou dificuldades com o alcoolismo. “A bebida era minha válvula de escape para as situações que eu não conseguia lidar. Quando meu pai saiu de casa, eu passei a beber cada vez mais. Era tequila,vodca e uísque.”

amor, chance, inteligência, fé. paciência, perseverança, inteligência

De sexta-feira a domingo, Nicolas saía para beber e os excessos prejudicavam o relacionamento com Camilla, que na época era sua namorada. “Eu exagerava na bebida e nós discutíamos. Eram muitas ofensas. Às vezes, eu estava tão alterado que a encontrava e cinco minutos depois já estávamos brigando.”

Nicolas explica que sua família também enfrentava dificuldades. “Minha mãe e meu irmão estavam depressivos. Ela começou a frequentar a Universal e me convidou.” Ele lembra que, depois da insistência, aceitou o convite para não magoar a mãe. “Eu prometi que ia no domingo, mas no sábado eu tinha saído com amigos e bebido bastante. Cheguei em casa às 8h e fui para a igreja virado, sem saber direito o que estava fazendo.”

Ele não estava feliz com os rumos de sua vida. Por causa da bebida, ele perdia o controle e estava se afastando da namorada. Na reunião da Universal, ele conta que teve uma grata surpresa. “Eu cheguei com preconceito, mas ouvi o Pastor falar e tive duas certezas: que eu estava fazendo tudo errado e que se eu obedecesse sairia daquela situação. Nesse primeiro momento, aprendi que eu deveria ser servo de Deus e obedecer a Ele.”

Nicolas decidiu então seguir os ensinamentos que aprendia nas reuniões. Ele também passou a frequentar a Terapia do Amor às quintas-feiras. “Fiz uma Aliança com Deus. Deixei de beber e parei com as noitadas. Mudei minha forma de falar e de tratar as pessoas. Depois passei a ter mais autocontrole e fui evoluindo.” Logo nos primeiros meses, ele diz que a relação familiar melhorou e ele passou a se destacar no trabalho. “Ter Fé não é apenas saber orar, mas obedecer à Palavra e agir.”

Camilla, sua namorada percebeu suas mudanças e passou a frequentar a Terapia com ele. “Antes ele era muito explosivo, mas foi ficando mais calmo, mais paciente. As brigas acabaram e eu também decidi buscar a Deus. Deixei meu orgulho de lado”, conta ela. Os dois se casaram há cerca de um ano.

Desde que fez a Aliança com Deus, Nicolas conta que passou por duas provações. A primeira foi com um chefe, que queria forçá-lo a beber durante uma confraternização com a equipe. “Ele ficou falando alto, criticando quem tem Fé, mas eu me mantive firme. Em outro momento, quando eu e a Camilla estávamos prestes a casar, ela me criticou por ter feito algo pela Igreja. Naquele momento, eu expliquei a ela que eu estava glorificando a Deus e que ela não poderia me impedir. Depois disso, ela se firmou mais na Fé.”

Nicolas resume o significado de seu pacto com Deus: “Deus está em primeiro lugar em minha vida. Quando acordo, eu direciono meus primeiros pensamentos a Ele. Todas minhas primícias são dEle.”

A sua chance
Assim como os entrevistados tiveram suas vidas mudadas por causa da Aliança com Deus, todos os que desejam firmar este pacto também viverão as promessas. Essas pessoas terão uma chance especial neste mês. Aqueles que participarem terão suas mãos lavadas com as águas do Mar Vermelho para que, pela Fé, todos os seus problemas sejam afogados e sejam transferidas para suas mãos as riquezas da Terra. Para saber mais, procure uma Universal próxima de você. Confira os endereços na página 32 ou acesse universal.org/localizar.


  • Rê Campbell / Fotos: Getty Images e Demetrio Koch / Arte: Edi Edson 


reportar erro