Rede aleluia

Notícias | 6 de outubro de 2019 - 00:05


A ordem natural para se tornar uma mulher sábia

Muitas mulheres já ouviram que são capazes de edificar a própria casa se alcançarem a sabedoria, mas esquecem que ela depende da intimidade com Deus

Na Bíblia está escrito que “toda mulher sábia edifica a sua casa, mas a tola a derruba com as próprias mãos.” (Provérbios 14.1). Isso significa que sua casa é fundamentada na Palavra de Deus, ou seja, ela é consequência de sua conduta espiritual: se ela é capaz de se edificar interiormente, os que estão perto de dela também são edificados.

A maneira equilibrada como essa mulher se porta convence a todos. A forma como expõe uma opinião, reage aos problemas e reconhece os próprios erros a faz ser admirada. Sua confiança em Deus também desperta a curiosidade e a fé de pessoas que não O conhecem.

Nenhuma mulher nasce sábia, mas todas podem aprender a ser, como está escrito em Tiago 1.5: “E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.”

QUEM QUER SER SÁBIA?
A mulher que escolhe ser sábia reconhece a sabedoria que vem de Deus de longe, pois sabe que ela é a própria voz dEle querendo lhe ensinar constantemente, como está descrito em Provérbios 1.20-22: “Escutem! A sabedoria está gritando nas ruas e nas praças. Nos portões das cidades e em todos os lugares onde o povo se reúne, ela está gritando alto, assim: – Gente louca! Até quando vocês continuarão nesta loucura? Até quando terão prazer em zombar da sabedoria? Será que nunca aprenderão?”

A DIFERENÇA
Rose Carvalho, (foto abaixo) de 30 anos, entende que a sabedoria é adquirida a partir da intimidade com Deus. Pensando nisso, ela sempre investiu na sua vida espiritual, mesmo quando ainda era solteira. “Eu pedia a Deus a sabedoria para saber falar e agir. No começo, era difícil, mas Ele foi me ensinando.”

Ela conta como isso lhe ajudou a superar muitos problemas: “me casei e, dois anos depois, minha mãe descobriu um câncer. Todos os dias eu recebia mensagens dizendo que poderia perdê-la a qualquer momento. Dependi da sabedoria para não trazer os problemas para o meu casamento.”

Ela diz que também aperfeiçoou a sabedoria na relação com seu marido. “Houve momentos que cobrei muito para que ele mudasse, mas, durante uma oração que fiz a Deus, Ele me mostrou o que eu precisava mudar.”

Para ela, a sabedoria é facilmente reconhecida. “A mulher sábia não age por impulso e não vive pelo sentimento. Ela não toma decisões precipitadas porque busca em Deus a direção certa”, conclui.


  • Flavia Francellino / Fotos: Getty Images e Arquivo pessoal 


reportar erro