Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 24 de março de 2019 - 00:05


A lei da fé

Leia a mensagem de hoje do livro “O Pão Nosso para 365 dias”

“Pela fé, Abraão, quando chamado, obedeceu, a fim de ir para um lugar que devia receber por herança; e partiu sem saber aonde ia.” (Hebreus 11.8)

Nem todos os que dizem ser da fé possuem fé. E há os que dizem não ter mais fé e, de fato, a têm. Apesar de a fé ter seus mistérios e segredos, uma coisa é certa: quem é da fé não sente. Toma atitude, obedece. Atitudes que não dependem do que sentem. Trata-se de pura obediência. Obediência pela fé. É a obediência que mostra, determina e caracteriza a fé.

Veja o exemplo de fé dado por Jesus: “Um homem tinha dois filhos. Chegando-se ao primeiro, disse: filho, vai hoje trabalhar na vinha. Ele respondeu: Sim, senhor; porém não foi. Dirigindo-se ao segundo, disse-lhe o mesmo. Mas este respondeu: Não quero; depois, arrependido, foi. Qual dos dois fez a vontade do pai? Disseram: O segundo. Declarou-lhes Jesus: Em verdade vos digo que ladrões e meretrizes vos precedem no Reino de Deus” (Mateus 21.28-31). Quer dizer, quando malfeitores obedecem à Palavra de Deus chegam primeiro ao Reino de Deus do que muitos “da fé”.

O mesmo também se deu com Abraão: Pela fé, Abraão, quando chamado, obedeceu, a fim de ir para um lugar que devia receber por herança; e partiu sem saber aonde ia” (Hebreus 11.8). Note que sua fé era seguida por obediência. Abraão acreditou na promessa e partiu sem saber aonde ia… A maioria “cristã” tem carregado uma vida amaldiçoada
porque acredita na Palavra de Deus, mas não A obedece. Desobediência foi, é e continua sendo a causa da maldição. Não há manifestação de fé sem obediência, assim como não há obediência sem atitude de fé.

(*) Fonte: livro O Pão Nosso para 365 dias, do Bispo Edir Macedo


  • Redação (*) / Foto: Thinkstock 


reportar erro