eb3c52f78ce3362254213324871c7984 Você sabe escolher a sua gravata? - Universal.org

Você sabe escolher a sua gravata?

Por Eduardo Prestes/ Foto: Fotolia/ Arte: Ed Edson

Hoje em dia, mais do que nunca, o que o homem veste reflete quem ele é. Muitos vão dizer que alguns, inclusive, dão mais importância à imagem do que a outras qualidades masculinas. Mas, se você tem conteúdo e quer equilibrar as suas virtudes com o seu visual, usar gravata pode ser um bom começo.

Básico

Vamos levar em consideração que grande parte dos homens não sabe diferenciar blazers, ternos, smokings e paletós, quanto mais distinguir tipos de gravata. Para começar, partiremos do básico e falaremos um pouco desse acessório masculino que parece fazer tanta diferença quando o assunto é vestir-se bem.

História

A origem da gravata data do ano 1618, quando um regimento croata passou por Paris, durante a Guerra dos Trinta Anos, usando um lenço no pescoço. O adereço tinha a função de proteger do calor e também servia para estancar sangue e limpar a boca. Caiu nas graças do rei francês Luís XIV, virou moda e foi evoluindo com o passar do tempo. A forma fina e comprida como vemos hoje só foi popularizada no Século 20.

Respeito e formalidade

Hoje, a gravata é usada de diversas formas, tamanhos e cores, mas sempre simbolizou o poder masculino e representa respeito e formalidade. Embora muitos homens tenham aversão a ela, outros tantos não dispensam o seu uso para compor o visual com algum traje específico. A Folha Universal listou os tipos de gravata mais conhecidos e usados para poder ajudá-lo a melhorar a sua imagem.

Combinações

A escolha da gravata tem relação direta com a situação social e as peças que o homem que vai usar naquele momento. Se o contexto de uso é formal, quanto menos a gravata chamar a atenção, melhor, até porque mais elegante ele estará. Para isso, a primeira dica é combinar a cor da gravata com a cor terno. Por outro lado, fazer um elegante contraste com a cor da camisa é fundamental em alguns casos.

Modelos

Há quatro modelos básicos. Além disso, as peças podem variar no tecido, nas cores e nos desenhos. Os modelos são: a gravata padrão, a slim, a borboleta e a ponta reta. Veja as principais diferenças entre elas, para que você possa adotar o tipo que mais lhe convier de acordo com diferentes ocasiões.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente

Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaela Dias, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 2392-3372

Endereço: Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000