eb3c52f78ce3362254213324871c7984 Você passa tempo de qualidade com sua família? - Universal.org

Você passa tempo de qualidade com sua família?

Por Rafaella Rizzo / Foto: Fotolia

O principal motivo (ou desculpa) de muitas pessoas para não passar tempo de qualidade com a família durante boa parte do ano é a rotina corrida e atarefada de quem trabalha e/ou estuda.

Mas quem disse que você precisa de horas ou de um esforço fora do comum para isso? De acordo com o apresentador Renato Cardoso, alguns minutos antes de dormir podem ser suficientes para investir na família. “Quando seu filho estiver indo para a cama, por exemplo, tenha o hábito de parar o que estiver fazendo para conversar com ele. Duas perguntas que você pode fazer é: ‘o que te fez mais feliz hoje?’ e ‘houve algo que te chateou?’. Assim você terá a oportunidade de ouvi-lo, conhecê-lo melhor e ele se sentirá mais livre e aberto para se comunicar com você”, explica.

Criando esse hábito de terminar o dia conversando com seus filhos, no dia em que eles precisarem se abrir, saberão que podem contar com você e se sentirão valorizados por você parar tudo para estar com eles.

Aproveite as férias

A época de férias é uma excelente oportunidade para investir mais na relação familiar. Além de dedicar mais tempo para praticar a dica dada por Renato, aproveite para unir toda a família. Mesmo que você não tenha condições de fazer “aquela” viagem ou pagar a entrada em parques, é possível ter momentos de diversão.

Para momentos de qualidade, a neuropediatra Karina Weinmann recomenda aos que pais incentivem brincadeiras ao ar livre e reduzam ao máximo o uso de aparelhos eletrônicos, como celulares e computadores. “Sabemos que hoje os eletrônicos servem de ‘babá’ para os pais. Mas, esse uso excessivo da tecnologia é muito prejudicial para crianças e adolescentes. Pode atrasar a fala, levar a criança a não aprender a interagir socialmente e se fechar. Sem contar nos prejuízos motores e na contribuição para o aumento de peso devido ao fato de ser uma atividade sedentária”, comenta a médica.

O que fazer?
Há muitas atividades que podem ser feitas. Confira abaixo algumas possibilidades:

Explorar a sua cidade: se você não pode viajar, visite parques, praças e outros lugares ao ar livre. Aproveite para fazer um piquenique, jogar bola, empinar pipas, andar de bicicleta, patins ou skate. Lembre-se de interagir com a criança e ajudá-la a fazer novas descobertas, como animais, árvores, subir em brinquedos, fazer trilhas, etc.

Um pouco de cultura: muitas cidades possuem museus, planetários e outros espaços que podem ser desconhecidos para a criança. Escolha de acordo com a idade e aproveite.

Pequenos chefs: organize uma receita fácil e peça ajuda da criança. Fazer um bolo, uma vitamina, etc. Não deixe facas ou fogo próximos, mas o restante da receita como bater, quebrar os ovos, colocar a farinha, etc. são atividades importantes para desenvolver a autonomia.

Quebra-cabeça: de acordo com a idade, escolha um quebra-cabeça. Ajude a criança a montar e vá contando histórias sobre a figura. A atividade é ótima para ser feita em família.

Massinha: a atividade trabalha o processamento sensorial. Pode ser feita em casa com água e farinha de trigo. Use corantes para diversificar as cores. Incentive a criança a fazer diferentes formas.

“Claro que isso deve se repetir ao longo do ano, mas dentro das possibilidades de cada um. Brincar é essencial para o desenvolvimento infantil, mas a presença e disponibilidade emocional dos pais também. Eles devem interagir com as crianças e incentivar brincadeiras diferentes e ao ar livre”, conclui Karina.

Para aprender outras dicas para investir no relacionamento entre pais e filhos, compareça à palestra “Transformação Total para Pais e Filhos”. Ela acontece aos domingos, às 18 horas, no Templo de Salomão. Ele fica localizado na Avenida Celso Garcia, 605, no Brás, zona leste de São Paulo.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente

Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaela Dias, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 2392-3372

Endereço: Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000