eb3c52f78ce3362254213324871c7984 Você conhece algum viciado em selfie? - Universal.org

Você conhece algum viciado em selfie?

Por Andre Batista / Imagem: Thinkstock

Basta abrir qualquer rede social para encontrar as famosas “selfies”. São inúmeras fotos que as pessoas tiram de si mesmas, geralmente mostrando seus rostos várias vezes com diferentes expressões. As selfies são tiradas em locais públicos, restaurantes, em frente a monumentos ou mesmo no espelho da própria casa. O importante é aparecer. E é essa importância que pode se transformar em doença.

Psicólogos e psiquiatras de diversas Universidades do mundo têm pesquisado sobre o chamado “selfiti”, um distúrbio que tornaria a pessoa viciada em tirar selfies. Embora ainda não seja considerada uma doença, as evidências mostram que o viciado em tirar e publicar fotos de si mesmo busca o prazer por meio da aprovação de terceiros.

Tara Marshall, especialista da Universidade de Brunel, na Inglaterra, explica que as curtidas, comentários e compartilhamentos nas fotos liberam dopamina no cérebro, uma substância que causa bem-estar como recompensa:

“As reações às fotos postadas proporcionam uma sensação de inclusão social, enquanto as pessoas que não recebem nada sentem-se como se estivessem em um tipo de ostracismo”.

O alerta vai para quem se sente mal quando não pode postar uma selfie ou quando a selfie postada não obtém as curtidas e comentários desejados. E apenas para essas pessoas. Como explica um texto postado no blog do Bispo Edir Macedo: “não é errado usar a internet, celular, computador ou aplicativos. O que é errado é se tornar escravo deles”.

Essa escravidão deve ser combatida e a melhor maneira de fazer isso é se sentir preenchido não por curtidas e comentários na internet, mas por Deus. Ele é o único que pode fazer uma pessoa realmente feliz, sem que ela precise se viciar em selfies ou o que for.

“Se você se tornou aquela mosquinha presa na teia (internet), você precisa de libertação tal qual um viciado em drogas”, conclui a postagem do blog.

Se esse é o seu caso, participe do Tratamento Para a Cura dos Vícios, que auxilia não apenas no combate à dependência química, mas também no combate a dependências como internet, comida e pornografia. Essa reunião acontece aos domingos, às 15 horas, na Universal. Clique aqui e encontre o endereço mais perto de você onde acontece o Tratamento.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente

Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaela Dias, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 2392-3372

Endereço: Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000