Você sabe qual é a diferença entre Arrebatamento e Segunda Vinda?

Por Núbia Onara / Fotos: Thinkstock

Muito confundem o Arrebatamento da Igreja com a Segunda Vinda de Jesus, e quando eles realmente acontecerão. A verdade é que quando a Igreja for arrebatada, segundo a Bíblia, ainda não será a Segunda Vinda de Jesus, mas terá início uma série de eventos que culminarão nela.

O bispo Edir Macedo, em seu livro “Estudos Bíblicos”, ressalta que quando se fala da volta do Senhor Jesus Cristo, se fala da maior esperança da Igreja. Mas esse ainda é um assunto desconhecido para muitos crentes sinceros.

Mesmo relatado na Bíblia quando acontecerá a Segunda Vinda de Jesus, ela está submetida ao Arrebatamento da Igreja, cuja data não nos foi revelada. Mas sinais nos mostram que está perto de acontecer, e eles seriam tão claros que poderiam ser facilmente percebidos.

Porquanto se levantará nação contra nação, reino contra reino, e haverá fomes e terremotos em vários lugares; porém tudo isto é o princípio das dores. Então, sereis atribulados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações, por causa do meu nome. Nesse tempo, muitos hão de se escandalizar, trair e odiar uns aos outros; levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos. Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo.” Mateus 24.7-13

O que é o Arrebatamento da Igreja?

É a retirada da Igreja do Senhor Jesus da Terra. Vai ser um evento “secreto” e instantâneo, e os sinais nos mostram que pode acontecer a qualquer momento. Na ocasião haverá um toque de trombeta anunciando o acontecimento. O arrebatamento da Igreja será precedido pela ressurreição dos mortos em Cristo: “Ora, ainda vos declaramos, por palavra do Senhor, isto: nós, os vivos, os que ficarmos até à vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que dormem. Porquanto o Senhor mesmo, dada a Sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor.1 Tessalonicenses 4.15-17

Essa seria a Primeira Vinda de Jesus, porém, será uma vinda invisível para o mundo e testemunhada apenas pelos salvos. No Arrebatamento, os cristãos vão se encontrar com o Senhor nos ares e ganharão um corpo semelhante ao de Jesus: “Eis que vos digo um mistério: nem todos dormiremos, mas transformados seremos todos, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que o corpo mortal se revista da imortalidade.” 1 Coríntios 15:51-53

Ao contrário do que muitos pensam, a Igreja de Jesus não estará durante a Grande Tribulação, pois já terá sido arrebatada. Porque guardaste a palavra da Minha perseverança, também Eu te guardarei da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para experimentar os que habitam sobre a terra.” Apocalipse 3.10

Após esse evento que abre a primeira fase, ocorrerá o Tribunal de Cristo, que não é um julgamento condenatório tal qual o juízo final do qual só os ímpios participarão. Nesse tribunal, os cristãos serão avaliados para galardoamento. Depois, ocorrerão as Bodas do Cordeiro, que é a reunião de Jesus com os santos no céu, uma ocasião plena de felicidade, tal qual a celebração de um casamento. Enquanto isso, na Terra, começará um terrível conflito.

O que é a Segunda Vinda de Jesus?

Após o Arrebatamento terá início o pior período que a humanidade já viveu: a Grande Tribulação, em que o anticristo se revelará e governará. Terá a duração de 7 anos. É nesse período que acontecerá a reconstrução do Templo em Jerusalém e o surgimento do anticristo – que de início fará um pacto com os judeus, mas, no final, trairá o acordo revelando a sua verdadeira face e estabelecendo sua imagem para ser adorada no lugar santo. Esse período será finalizado com a batalha do Armagedon, em que os reis da Terra, liderados pelo anticristo (a besta), pelo falso profeta e por satanás se levantarão contra o Senhor e o Seu ungido. É nesse momento que acontece a Segunda Vinda de Jesus, e essa, ao contrário da retirada da Sua Igreja da Terra (o Arrebatamento), será um triunfo visível a todos.

Os cristãos retornarão com Ele e o reino messiânico será estabelecido sobre a Terra. O povo de Israel será liberto da tribulação e congregado. As nações serão julgadas e todos os reinos serão destruídos, ficando todos os povos sujeitos ao Senhor. Será inaugurado um período de 1.000 anos, chamado de Milênio, em que Ele reinará soberano, com justiça e paz. Com o término do Milênio, que será uma etapa de reconstrução, o Senhor Jesus terá cumprido o Seu plano de reconciliar a humanidade com o Criador. Satanás, que terá passado mil anos acorrentado, será solto e derrotado definitivamente, e haverá juízo de Deus, que punirá com a segunda morte os que não tiverem os seus nomes no Livro da Vida (Apocalipse 20.7-15).

Se você quer entender mais sobre a Palavra de Deus e a Salvação, participe de uma reunião na Universal. Encontre um templo perto da sua casa acessando http://www.universal.org/enderecos/. Se você necessita, neste momento, de ajuda, fale com um pastor ou bispo acessando http://www.universal.org/pastoronline.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente