Universal realizará a II Celebração dos Casamentos de 2017

Por Jeane Vidal / Foto: Demétrio Koch

Casar na igreja é o sonho de muitos casais, especialmente das mulheres, que idealizam o dia em que subirão ao Altar com a pessoa amada para selar um compromisso de ser fiel na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na pobreza e na riqueza, até que a morte os separe.

Contudo, cada vez mais os casais optam em abrir mão desse momento para simplesmente morarem juntos. Fazem isso por diversas razões: alguns por conveniência, outros por comodismo ou questões financeiras, ou porque ainda estão indecisos com respeito ao casamento, então, decidem primeiro fazer um “test drive” para saber se realmente é isso o que querem.

Renato e Cristiane Cardoso, palestrantes da Terapia do Amor, esclarecem que a razão de existirem tantos relacionamentos problemáticos é essa falta de comprometimento entre o casal e a banalização do casamento, que significa muito mais do que festa, vestido de noiva, convidados, entre outros. Trata-se de receber a benção de Deus no Altar e tê-LO como testemunha dos votos de fidelidade e amor entre o casal.

“A Bíblia diz que Deus é testemunha do homem e da mulher quando eles trocam alianças de casamento. Quando o casal decide simplesmente morar junto, não há nenhuma testemunha”, esclarece Renato.

De acordo com o palestrante, “há um dia – pelo menos deveria haver - em que o homem chega para a mulher e diz que deseja construir uma vida ao lado dela. E quando ela diz ‘sim’, então, é firmado um compromisso de noivado e casamento”.

Ele destaca ainda que muitos casais, embora vivam juntos, nunca tiveram esse momento de decisão. Outros, até se casaram na igreja, mas já se esqueceram dos votos firmados diante de Deus e voltaram atrás na decisão que tomaram no início.

“Para muitos, o casamento na igreja é uma bobagem, mas faz toda a diferença no matrimônio, pois o seu valor é espiritual”, alerta Cristiane. “Com a benção do Altar, você saberá lidar com os problemas que surgirem no casamento também de forma espiritual”, completou.

Essa oportunidade valiosa está disponível a todos que reconhecem esse valor e desejam ter o Autor do Amor à frente do seu relacionamento. Se você se enquadra nos 4 grupos de pessoas abaixo, então poderá se beneficiar dela:

Amigados - Casais que, por alguma razão, decidiram simplesmente morar juntos, mas querem regularizar o casamento diante de Deus e da sociedade.

União estável – Casais que firmaram um contrato apenas por conveniência e ter direito aos benefícios legais, mas entenderam a importância espiritual do casamento.

Noivos - Casais que desejam se casar, mas por questões financeiras têm adiado a cerimônia. Entretanto, estão dispostos a abrir mão da tradicional festa de casamento para priorizar a benção no Altar.

Casados legalmente - São casados apenas no cartório, mas agora querem ser abençoados no Altar.

A Celebração dos casamentos acontecerá no próximo dia 12 de outubro, às 18 horas, no Templo de Salomão, em São Paulo, e em outras localidades onde acontece a Terapia do Amor. Se você está em outra cidade ou estado, consulte aqui os endereços.

Assista abaixo a matéria completa:

Para saber como proceder, acesse o site casarnaigreja.com e obtenha todas as informações.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente