Templo de Salomão completa três anos

Por Eduardo Prestes / Fotos: Demetrio Koch

O Templo de Salomão, no bairro do Brás, em São Paulo, completou três anos em julho. A construção do Santuário, considerado um marco histórico para a capital paulista e para o Brasil, surgiu de uma ideia que o Bispo Edir Macedo teve ao visitar Israel, em 2009. Ele sempre soube que o desejo de muitas pessoas era conhecer a Terra Santa. Pensando nisso, teve a inspiração para construir o Templo e dar a todos a oportunidade de estar em um pedaço de Israel no Brasil. “O objetivo é puramente espiritual. Desejo que as pessoas vejam a Santidade de Deus. A minha intenção é de que, quem ali pisar, sinta o respeito, o temor e a reverência ao nosso Senhor”, declarou o Bispo Macedo no livro Nada a Perder 3.


Sonho realizado

A construção do Santuário foi iniciada em 2010 e contou com a ajuda de milhões de pessoas que contribuíram e puderam acompanhar cada etapa do processo em tempo real pela internet, por meio de uma câmara que foi instalada para compartilhar o dia a dia da obra. Para o trabalho, foram designados 1,4 mil homens e usados duas toneladas e meia de ferro, duas toneladas de aço e 145 mil sacos de cimento.Na noite de 31 de julho de 2014, o Templo foi inaugurado em um grande evento que reuniu mais de 10 mil pessoas, entre autoridades e diversos profissionais dos meios de comunicação do Brasil e do mundo. Na abertura, houve a apresentação de corais com louvores e cânticos. Um dos pontos altos da noite foi o cortejo da Arca da Aliança, que partiu da Universal do Brás em direção ao Altar do Templo. O objeto representa a Presença de Deus no novo Santuário.

A cerimônia

A cerimônia no Templo foi realizada pelo Bispo Edir Macedo e ele fez questão de explicar que Deus não quer habitar lugares feitos por mãos humanas, mas sim dentro de cada um de nós. “Se ao ver a beleza deste Templo você sente-se bem, saiba que Deus quer fazer essa beleza toda na sua vida”, declarou à época. E não foi por acaso que o Bispo fez esse comentário. É que a edificação, um dos maiores santuários do mundo, foi inspirada em características da construção do Templo de Salomão original, conhecido também como o primeiro Templo e localizado em Jerusalém, Israel. Essa antiga construção foi destruída pelo rei Nabucodonosor, da Babilônia, em 586 antes de Cristo.

Novo Templo

Já o novo Templo, localizado em São Paulo, foi erguido em um terreno de 35 mil metros quadrados, o que equivale a cinco campos de futebol. Foram importados de Israel, 39.009,37 metros quadrados de pedras, que foram usadas na construção e decoração do Santuário. O material veio diretamente da cidade de Hebron.

O Templo tem capacidade para 10 mil pessoas e está situado na Avenida Celso Garcia, 605, no bairro do Brás, na capital paulista. O local é de fácil acesso por meio de ônibus e metrô e conta com um amplo estacionamento com 2 mil vagas para carros, 241 para motos e 200 para ônibus. Fora do Templo, há a Esplanada com as bandeiras de todos os países nos quais a Universal está presente e também o Jardim Bíblico, com oliveiras centenárias e o Tabernáculo. É possível conhecer esses locais em um passeio que leva os visitantes a uma viagem no tempo e os remete à época dos heróis da Bíblia. O Santuário atrai uma multidão de pessoas não apenas pela grandiosidade, mas também pelas reuniões ali realizadas. Todas elas têm um ponto em comum: são encontros especiais com Deus. É por isso que pessoas de vários Estados brasileiros e de diversos países, nos pontos mais distantes e distintos do planeta, vêm ao Templo de Salomão.

Veja as novas instruções para participação nas reuniões do Templo de Salomão clicando aqui. Para obter outras informações, você também pode entrar em contato com a Central de Informações do Templo de Salomão: (11) 3573-3535 ou info@otemplodesalomao.com.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente