Tecnologia promete mudar seleção de candidatos

Por Rê Campbell / Foto: Marcelo Alves / Arte: Edi Edson

O avanço da tecnologia promete provocar mudanças no processo de recrutamento e seleção de pessoas. E a novidade responde pelo nome de inteligência artificial. “Um recrutamento estratégico bem-feito traz dados para o recrutador contratar com mais segurança”, explica Marcel Lotufo, CEO e sócio fundador da Kenoby, dona de um software para a gestão de recrutamento e seleção de pessoas. Ele diz que a análise de informações do candidato feita com inteligência artificial pode reduzir o tempo dos processos de seleção e diminuir a rotatividade de funcionários.

“A inteligência artificial para RH melhora a eficiência na avaliação dos currículos, extraindo metadados para a tomada de decisão. O nosso sistema, por exemplo, analisa mil currículos considerando personalidade, características, experiência, e oferece os dez melhores candidatos, os mais estratégicos para a companhia”, destaca David Dias, líder de Canais e Ecossistemas na IBM Watson Group. Segundo Dias, a inteligência artificial vai além da busca de palavras-chave realizada por buscadores de internet, pois é capaz de interpretar contextos e considerar diferentes tipos de informações.

Lotufo acrescenta que é possível criar testes e outros insumos para aumentar as chances de acerto na escolha do perfil ideal. “Vamos implementar a tecnologia que lê a expressão facial do candidato em testes de vídeo e indica se a pessoa estava alegre, triste, brava”, adianta ele, lembrando que o trabalho dos profissionais de recursos humanos é fundamental para desenhar o perfil das vagas, orientar o processo e abastecer o sistema com informações, além de validar os dados por meio de entrevistas. A expectativa é que no futuro essa tecnologia possa aumentar em 80% a assertividade das contratações.

Candidatos

Apesar das transformações trazidas pela tecnologia, o candidato ainda deve ficar atento para não cometer erros antigos. “Encontramos currículos com erros de digitação, de português, alguns candidatos apenas copiam e colam informações. Outros enviam o currículo anexado no e-mail e não escrevem nem um ‘bom dia’ na mensagem. São pequenos detalhes que fazem a diferença”, destaca Juliana Benassi Caputo, analista de gestão de pessoas da Crowe Horwath.

A especialista lembra que hoje os recrutadores ficam atentos à vida on-line dos candidatos. Por isso, é importante cuidar do perfil em redes sociais. “Há pessoas que usam as redes sociais para criticar outras ou difamar a antiga empresa. Isso não traz boas perspectivas”, diz.

Pelo menos por enquanto, o networking também continua valendo na hora de buscar uma colocação no mercado. “É importante conversar com colegas de escola, de faculdade e ex-colegas de trabalho. As indicações são importantes, já que, por meio delas, o currículo do candidato acaba tendo mais destaque”, lembra.

Claudia Abreu, psicóloga e especialista em Recrutamento e Seleção, concorda que ter indicações de outros profissionais pode aumentar as chances do candidato em um processo seletivo. Mas ela acrescenta que, com ou sem indicação, os currículos mais valorizados são os que possuem informações completas e verdadeiras. “Não adianta colocar no currículo uma competência que a pessoa não tem. Essa informação acaba sendo descoberta. Também é importante ter cuidado ao escrever o currículo, pois os buscadores fazem filtros por localização, experiência, formação”, afirma.

Ela sugere que os profissionais desempregados continuem estudando e acompanhando notícias sobre o mercado de trabalho. “É possível fazer cursos on-line, participar de workshops e palestras gratuitas. Há muitos eventos, grupos em redes sociais e feiras em que a pessoa pode se atualizar, conhecer outros profissionais e trocar conhecimentos.”

Para quem está buscando uma recolocação, as especialistas também indicam o cadastramento do currículo em diferentes plataformas de recrutamento, redes sociais especializadas e sites de empresas. Mas vale lembrar: desconfie de processos seletivos que cobram taxas de participação: eles podem ser um golpe.

Quer aprender a enfrentar as dificuldades do mercado de trabalho e se tornar uma pessoa vencedora? Então, não perca o Congresso Para o Sucesso, que acontece às segundas-feiras, no Templo de Salomão. Para encontrar uma Universal mais próxima de você, acesse www.universal.org/enderecos.

Caso queira adquirir o livro “50 Tons Para o Sucesso”, que contém dicas para a vida profissional e financeira, acesse o Arca Center, clicando aqui .

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente

Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach e Eliana Caetano

Editora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Maria do Rosário, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 3321-5244

Endereço: Rua dos Missionários, 139, Santo Amaro - São Paulo (SP)

Cep: 04729-000