Quem você está ouvindo: Deus ou o diabo?

Por Andre Batista / Imagem: Thinkstock

Em seu blog pessoal, o bispo Júlio Freitas afirma que quatro vozes podem ser ouvidas pelas pessoas: a sua própria, a de outras pessoas, a de Deus e a do diabo. Cada uma delas tem suas características próprias, que você pode descobrir clicando aqui.

De acordo com ele, é importante saber distinguir, especialmente, quando Deus está falando consigo e quando são espíritos maléficos que o estão fazendo. E, por isso, ele destaca quatro características da voz do mal:

  • Introduz dúvidas
  • Tenta manipulá-lo
  • Tenta desviá-lo do caminho certo
  • Diz que você não merece
  • Tenta diminuí-lo

Mesmo com essas referências, porém, nem sempre é fácil perceber quando a voz está ali para fazer mal. Isso porque essa voz está disfarçada entre os pensamentos da própria pessoa. A escritora Juliana Furucho, no site de Tânia Rubim, explica:

“O diabo sabe que não pode tocar em você, ele sabe que você não vai cair com um pecado, então, ele usa os pensamentos para te derrubar, pois a voz dele não parece a voz dele, parece nossos próprios pensamentos”.

Conforme ela explica, “muitos não percebem e a ignoram, mas, se não vigiamos, acabamos cada vez mais ouvindo essa voz que tanto nos prejudica”.

Os prejuízos vêm em forma de baixa autoestima, falta de confiança em si mesmo, infelicidade persistente e até mesmo depressão que leva ao suicídio. As vozes sopram em seu ouvido desde “você é burra, não aprende nada” até a “ninguém gosta nem precisa de você, é melhor acabar logo com isso”. E as consequências podem ser desastrosas.

A jovem Tatiana Laia, de 31 anos, por exemplo, sofreu a vida inteira com esse problema. Muito insegura, ela entendia cada “não” recebido na vida como uma prova de que era incapaz, em vez de vê-los como uma forma de melhorar e persistir.

“Tudo o que pensava em fazer não conseguia. No círculo de amizades não conseguia me relacionar com os amigos, porque o ‘não’ já vinha em minha mente”, conta ela.

Tatiana mudou-se para o Japão aos 13 anos de idade e, pela mudança nos estudos, a insegurança aumentou bastante. Essa voz que insistia em dizer “você não é capaz” em sua cabeça só desapareceu quando ela preencheu seus pensamentos com outra voz, uma que afirmava “você tem capacidade, insista”. Essa voz vinha de Deus e Tatiana a encontrou na Universal.

“Isso foi gerando em mim força, coragem para vencer, o sim me fez ver que eu podia”, testemunhou durante o evento japonês Sim, Você Pode, em maio desse ano. “Hoje, sou muito bem casada, não sou mais insegura, consigo me relacionar bem com as amizades”. Tatiana ainda enfrenta lutas diariamente, mas é capaz de vencer a todas com o auxílio de Deus.

Preencher a mente com pensamentos de Deus, aliás, é uma das dicas de Juliana Furucho para afastar a voz do diabo. “Encha sua mente com as coisas de Deus, pois assim, não haverá espaço para os pensamentos do mal”, afirma ela.

Mensagens transmitidas nas reuniões, leitura da Bíblia, músicas e filmes edificantes. Tudo isso tem o poder de voltar sua mente a Deus e expulsar o que não é dEle. Quer descobrir mais sobre como distinguir e se livrar das vozes maléficas? Participe da Reunião dos Filhos de Deus e entenda porque você é capaz de vencer qualquer obstáculo.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente