Quando o foco é certo o amor evolui

Por Kelly Lopes / Fotos: Arquivo Pessoal

O segurança Nilton Pinheiro (foto acima), de 28 anos, ainda na infância viu sua base familiar ser abalada com a separação dos pais. A princípio ele não dava importância ao ocorrido, mas, com o passar dos anos, percebeu que aquele fato trouxe inseguranças para sua vida adulta.

Teve poucos relacionamentos, sempre movidos pelas emoções, e sofria muito quando acabavam. Ele lembra que, por conta disso, foi se tornando uma pessoa fechada e com pouco convívio social. Ele tinha medo de passar novamente por todo o processo da conquista e se decepcionar com mais um término.

Isolado em seu mundo, um dia foi convidado para participar de um encontro da Força Jovem Universal. Depois de relutar muito, acabou aceitando. Se surpreendeu com a maneira como foi recebido e com a alegria naquele lugar. Se sentiu tão bem que passou a frequentar as reuniões da Universal e a “Terapia do Amor”.

Aos poucos, foi deixando de evitar o convívio social e de viver baseado em emoções. Passou a agir pela razão. “Lembro que ouvi em uma reunião que tudo muda quando mudamos nosso interior e essa mudança reflete em qualquer situação. Sou prova disso.”

Ele venceu os complexos decorrentes de relacionamentos frustrados e o trauma da separação dos pais. Aprendeu nas palestras que para ser feliz no amor não era preciso apenas procurar a pessoa certa, como ele sempre fazia, mas se tornar a pessoa certa. Com esse foco, Nilton, que antes se isolava, passou a se dedicar também a ajudar o próximo nos trabalhos voluntários realizados pela Igreja.

Fazendo o amor evoluir

A atendente Viviane Pinheiro, de 28 anos, também se dedicava ao trabalho evangelístico e frequentava a “Terapia do Amor”. Aprendeu a importância de estar bem com Deus e consigo mesma antes de assumir um compromisso com alguém.

Ela conheceu Nilton em uma vigília, passaram a conversar e surgiu uma amizade. Depois de três meses de conversa começaram a namorar.

Com a certeza da escolha certa, deram passos para que o amor inteligente evoluísse. Após um ano e 10 meses entre namoro e noivado, o dia memorável chegou. Subiram ao altar da Universal do Parque Flórida, em Carapicuíba (SP), no dia 8 de março de 2014. Para Nilton, a data será lembrada como um dos momentos mais marcantes de sua vida. “Valeu a pena cada sacrifício para esse dia e principalmente as lutas e ensinamentos vividos antes dele.”

Já na memória da noiva está a alegria e a gratidão pela data. “Tudo aquilo que pedi em oração se concretizou e foi ainda além. Tive pessoas queridas ao meu lado, compartilhando um momento único e especial.”

Três anos e oito meses depois do casamento, eles continuam frequentando as palestras da “Terapia”, o que consideram essencial para que o amor continue a evoluir. “A ‘Terapia’ tem sido fundamental para que o nosso relacionamento seja cada dia mais sólido e abençoado. Aprendemos que Deus tem que ser nossa base para que tudo venha a dar certo. Lutas e momentos difíceis virão, mas com a base forte venceremos tudo”, destaca Viviane.

“Somos felizes, amamos um ao outro e a Deus acima de tudo”, finaliza Nilton.

Para saber mais como resolver os problemas da vida amorosa, participe das palestras da Terapia do Amor, todas às quintas-feiras, em uma Universal mais próxima de você. A cada palestra, casais, noivos, namorados e solteiros aprendem sobre o amor inteligente e como desenvolver o relacionamento a dois.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente