Quando a rejeição é vencida o amor prevalece

Por Kelly Lopes/ Fotos: Cedidas

O desenvolvedor de sistemas Carlos Adean de Souza, de 35 anos, passou por um momento delicado quando viu sua ex-companheira, de uma hora para outra e sem grandes motivos, colocar um ponto final na relação. Quando isso aconteceu, ele ficou deprimido a ponto de seu rendimento no trabalho despencar. “Faria tudo para acabar com aquela tristeza e angústia”, recorda.

Carlos passou a carregar um sentimento de rejeição muito grande, que afetava todas as áreas de sua vida. Até que um casal de amigos, sabendo da situação que ele enfrentava, o convidou para participar da “Terapia do Amor”. Ele aceitou o convite.

Coincidentemente, a primeira palestra tratou do tema “rejeição”. E já no primeiro dia ele recebeu dicas de como poderia se comportar diante do problema. “Voltei para casa me sentindo diferente, com uma paz que há muito tempo eu não tinha” lembra.

Motivado a acabar com os traumas do passado e a ter um novo olhar perante a vida amorosa, Carlos passou a frequentar todas as palestras da “Terapia do Amor”, até que superou o sentimento de rejeição e se viu preparado para conhecer uma nova pessoa.

Dois anos depois da primeira reunião da “Terapia do Amor” a que compareceu, ele conheceu a analista de recursos humanos Sara Rodrigues de Souza, de 29 anos, que também frequentava as palestras. Assim como Carlos, ela também já tinha vencido os traumas gerados por uma decepção amorosa no passado. “Eu tinha uma espécie de bloqueio para o amor, tinha traumas e medo de sofrer de novo, por isso não permitia que nenhum rapaz se aproximasse. Mas na ‘Terapia do Amor’, consegui vencer esses sentimentos negativos”, afirma.

Interessado em conhecer melhor a jovem, Carlos a convidou para a Caminhada do Amor, evento idealizado pelos apresentadores Renato e Cristiane Cardoso, do programa A Escola do Amor Responde (The Love School), com o objetivo de promover o diálogo entre casais de namorados, noivos e casados e solteiros.

Na ocasião, os dois conversaram muito e perceberam semelhanças e compatibilidades de objetivos de vida. Depois de conversar bastante durante um mês, o casal iniciou o namoro. Com a certeza de que a escolha do parceiro era certa, depois de dez meses, entre namoro e noivado, eles decidiram dar o maior passo na vida de um casal: se casar.

O grande dia

No dia 22 de junho de 2017, Carlos e Sara subiram ao Altar da Universal localizada em Del Castilho (RJ). “Foi um dia maravilhoso, um presente de Deus. E, como não poderia ser diferente, nos casamos em uma reunião da ‘Terapia do Amor’”, recorda Carlos.


Sara completa dizendo que que ela e o esposo não deixam de frequentar as palestras, pois sabem como são importantes. “Os ensinamentos nos ajudam depois do casamento, pois a vida a dois requer cuidados diários e nas palestras recebemos orientações para manter nossa relação sempre saudável.”

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente

Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach e Eliana Caetano

Editora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Maria do Rosário, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 3321-5244

Endereço: Rua dos Missionários, 139, Santo Amaro - São Paulo (SP)

Cep: 04729-000