Qual é a sua posição?

Por Eduardo Prestes / Foto: Fotolia

Quando uma relação acaba é chegada a hora de literalmente dividir em partes o mundo que antes era do casal. Não se trata de algo fácil. Mágoas por alguma ou várias situações não resolvidas são muito comuns. Algumas pessoas, porém, alimentam a sensação de que aquela relação que agora finda ainda poderia ser frutífera para os dois. Se, para a maioria das mulheres, esse é um momento de dificuldade e de desgaste, para boa parte dos homens também não é diferente, por mais que pareça estranho a alguns concordar com isso.

É que o fim de uma relação que foi verdadeira durante algum tempo acaba marcada por uma série de arestas que devem ser aparadas. Para saber lidar com o término de um namoro ou até mesmo com uma separação, é preciso ter, no mínimo, postura e maturidade, o que nem todos possuem.

O primeiro pensamento

É como você enfrenta a fase que vem logo após o término da relação que revela como será a sua vida dali para a frente. Geralmente, o primeiro pensamento diante de uma relação que acabou é de não repetir os mesmos erros do passado recente em um relacionamento futuro. Mas, na verdade, o primeiro e melhor pensamento poderia ser: “será que minha relação não tem jeito mesmo?” ou “não posso fazer nada para salvar o meu casamento?”

E se há exemplos de quem luta ao máximo para tentar dar nova vida ao relacionamento que teima em acabar, há também aqueles que decidem que não há mais o que fazer para salvar a relação. É quando surge o momento da divisão. Em grande parte dos casos, a partilha nem sempre é amigável.

Sua postura

Há os que têm dificuldade em livrar-se das situações e imagens do passado que ainda povoam a sua mente e o seu coração. Eles deletam o perfil que tinham na rede social, no antigo relacionamento, mas criam um perfil falso para observar os passos da ex.

Há ainda os que caem no erro de sair por aí “experimentando” novos relacionamentos. Cuidado. Pode até parecer bom, mas não é. Esse é um caminho para sua autodestruição. Você não vai reconquistar sua ex nem terá nenhuma outra relação duradoura se for por esse caminho. Isso não é um passatempo muito menos uma solução para sua felicidade ou a maneira de alcançar o sucesso na vida a dois. O máximo que você vai conseguir é se frustrar ainda mais. Além disso, vai correr o risco de desregrar a sua vida até as últimas consequências, quando deveria estar pensando em se reestruturar física, mental e espiritualmente depois de uma relação que não deu certo.

Vá em frente com Deus

O melhor é aproveitar esse momento de solitude para fazer uma autocrítica. Tente avaliar seus erros e perceba o que pode melhorar em si mesmo. Aconselhe-se com seus pais ou com um amigo (se ele, claro, tiver a cabeça no lugar). Quem ama você e está do lado de fora do problema, pode enxergar melhor sua situação e lhe ajudar.

E, se não se sentir à vontade de conversar com ninguém, o melhor é pedir direção de quem é o Autor da união: pedir a Deus que você possa aprender com esse momento, pois a lição mais importante com o fim de um relacionamento é saber que antes de amar e se entregar novamente à sua ex-mulher é preciso se entregar a Deus. Quando o namoro, o noivado ou o casamento estão nas mãos das pessoas, o risco de que deem errado é muito grande – afinal, seres humanos são falhos. Contudo, quando é Deus quem orienta a relação, o sucesso é garantido. Depois que você estiver de bem consigo mesmo, realizar uma autocrítica, ouvir os conselhos de quem lhe ama e se entregar a Deus, é necessário aprender a não repetir os erros e mover as peças desse jogo. Vá atrás de seus sonhos e seja feliz ao lado de quem você ama e que esteve há tempo ao seu lado.

Hoje em dia o respeito é fundamental para que haja um bom relacionamento interpessoal. Se você é homem e deseja mudar suas atitudes, a hora é agora. Participe do projeto Intellimen e aprenda como ser um homem melhor. Para mas informações sobre o grupo clique aqui.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente

Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach e Eliana Caetano

Editora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Maria do Rosário, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 3321-5244

Endereço: Rua dos Missionários, 139, Santo Amaro - São Paulo (SP)

Cep: 04729-000