eb3c52f78ce3362254213324871c7984 Qual a dose que os jovens precisam? - Universal.org

Qual a dose que os jovens precisam?

Por Michele Francisco/ Fotos: Cedidas

Depois de reunir cerca de 13 mil jovens no Templo de Salomão, em São Paulo, na Caravana SOS Jovem Dose Máxima, no dia 21 de janeiro, o Força Jovem Universal (FJU) de São Paulo levou o evento também para diferentes lugares do Estado. No mês de fevereiro, o bispo André Cajeu, coordenador do FJU de todo o Estado de São Paulo, realizou a Vigília da Dose Máxima para milhares de jovens nas cidades de São José do Rio Preto, Guarulhos, Santo André e Presidente Prudente.


Eles tiveram a chance de receber uma dose diferente: a do Espírito Santo. “Os jovens são sedentos e, por essa razão, vivem em uma busca incessante de saciar o vazio dentro deles com vícios, bebidas, relacionamentos e baladas. Eles não conseguem encontrar o que os sacie, porque o vazio que eles têm só é preenchido com a Dose Máxima, que é o Espírito de Deus”, disse o bispo.

Os jovens aprenderam que não precisam mais buscar a felicidade em várias doses, como as que o mundo oferece. “Nas vigílias e reuniões da Dose Máxima que estamos realizando, os jovens estão se livrando das doses desse mundo, que os colocam para baixo, e recebendo a Dose Máxima e sendo transformados. Essa transformação acontece de dentro para fora. Por isso, eles abandonam vícios, noitadas e relacionamentos que só trazem frustrações porque a Dose Máxima passa a habitar dentro deles permanentemente”, concluiu o bispo.

Exemplos

Essas reuniões e vigílias são importantes para pessoas como a jovem Wevelyn Souza, de 17 anos (foto à esquerda), que esteve na primeira vigília em São José do Rio Preto. “Eu era uma menina depressiva, complexada e agressiva. Eu me cortava, não respeitava ninguém, muito menos os meus pais. Cheguei a ser expulsa de várias escolas porque batia nas professoras. Mas, ao chegar em casa, eu mudava totalmente, me sentia um lixo e já tentei tirar minha vida diversas vezes. Eu sentia um vazio imenso dentro de mim e tentava preenchê-lo com drogas, bebidas, baladas e rapazes”, lembra.

A jovem foi convidada para a vigília e, mesmo sem acreditar em uma perspectiva de mudança, aceitou. “Cheguei lá com a vida totalmente destruída. Eu era braço direito do gerente do tráfico, mas nem eu mesma acreditava em mim. O bispo orou por mim, fui liberta, logo tomei a decisão de me batizar e me entregar de fato e de verdade. Nessa busca, tive uma experiência com Deus e saí dali totalmente disposta a mudar de vida. Hoje não preciso fazer mais nada para preencher o meu vazio, porque nessa vigília eu recebi a Dose Máxima, que é o Senhor Jesus”, conta.

Assim como Wevelyn, milhares de jovens estão recebendo a oportunidade de escrever uma nova história e de descobrir o valor que têm. Além dos aprendizados, eles assistiram a apresentações de dança, teatro e música. Dessa forma, os participantes sabem que existe lugar para cada um deles no FJU.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente

Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaela Dias, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 2392-3372

Endereço: Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000