Projeto “Arte nos Presídios” revela novos talentos no estado do Maranhão

Da Redação (*) / Fotos: Cedidas pelo UNP

Diversas oficinas de arte têm sido realizadas nas unidades prisionais do Maranhão, cuja iniciativa é do grupo Universal nos Presídios (UNP) e coordenação no estado do pastor Venino Aragão e sua esposa, Estela Maris de Souza.

Recentemente, algumas unidades de ressocialização (masculina e feminina), tiveram em seu calendário essas atividades e, apesar de fugir um pouco da rotina diária dos presos, certamente, os ajudaram a descobrir e aprimorar os seus talentos.


A maioria nunca havia feito nenhum desenho e muito menos uma pintura em tela. E, ao participarem de uma das oficinas e receberem as instruções do pastor Venino, que também é artista plástico, sentiram-se mais confiantes em produzir as suas próprias obras. Segundo o pastor, os presos aprendem a desenhar e pintar em papel, telhas e telas. “Ao final de cada aula, todos saem mais motivados em continuar realizando atividades dessa natureza”, garante o coordenador.

Quer saber mais sobre as ações realizadas pelo grupo Universal nos Presídios? Acesse e curta o perfil oficial do coordenador geral no Facebook, bispo Eduardo Guilherme. Para outras informações de como se tornar um voluntário do UNP, procure a Universal mais próxima de sua casa e se informe com o pastor.

(*) Com informações do grupo Universal nos Presídios do estado do Maranhão

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente