Presidiárias do Peru participam de sessão de cinema

Por Rafaella Rizzo / Fotos: Cedidas

Quando alguém vai ao cinema, costuma comprar os tickets em uma bilheteria e pagar com dinheiro ou cartão. Mas em uma ação do grupo Universal nos Presídios (UNP) na prisão das Mulheres de Chorrillos, situada em Lima, capital do Peru, foi um pouco diferente.

O grupo ofereceu uma sessão de cinema com tudo que tem direito: pipoca, refrigerante e um filme com uma boa mensagem. Só que em vez da entrada ser adquirida com dinheiro, era pedida uma mudança de atitude de cada interna. O responsável pelo trabalho, pastor Arturo Moreira, explica melhor: “Elas deveriam se comprometer a ser uma mulher melhor, deixar de lado os maus hábitos, as brigas, mentiras, inimizades, e ser mais compassiva com as outras, aprender a perdoar, a respeitar e assim por diante”.

O evento aconteceu em outubro e reuniu 326 moças, divididas em três sessões. O fato da entrada ser trocada por uma mudança de atitude é o que tornou o momento mais especial. “Elas pensam que não há saída pelo que fizeram de errado, mas quando são ensinadas que com esforço e compromisso podem mudar, os efeitos são notórios. Aquelas que fizeram isso com sinceridade já mudaram alguns maus hábitos e se tornaram exemplos para as autoridades e suas colegas”, acrescenta o pastor Arturo.

Quer saber mais sobre o grupo Universal nos Presídios? Acesse e curta o perfil oficial no Facebook do coordenador geral em todo o País, bispo Eduardo Guilherme, clicando aqui.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente