Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 7 de junho de 2019 - 14:39


UNP: 70 presas decidem se batizar nas águas de uma só vez

Cerimônia especial aconteceu em uma colônia prisional localizada em Caetés, Pernambuco. Veja como foi

Recentemente, o grupo Universal nos Presídios (UNP) de Pernambuco realizou um clamor muito especial em prol da família na Colônia Prisional Feminina de Abreu e Lima, localizada em Caetés, município do estado.

No local, os voluntários do grupo determinaram que o Espírito Santo fizesse morada dentro de cada reclusa ali presente e também visitasse os familiares, os libertando e os protegendo de todo o mal.

Na ocasião, as internas receberam uma palavra de fé e, como resultado, 70 delas decidiram se batizar nas águas, entregando suas vidas ao Senhor Jesus.

O grupo

A UNP existe há mais de 30 anos, atua em todo o Brasil e em mais de 50 países. Milhares de detentos são atendidos pelas ações do grupo.

Hoje, quase 30 mil voluntários disponibilizam parte do seu tempo para se dedicar a levar a Palavra de Deus aos encarcerados. Dentre eles, estão advogados, médicos, enfermeiros, dentistas, psicólogos, cabeleireiros, entre outros.

O grupo também realiza eventos e atende aos familiares com café da manhã, visitas e orações em frente aos presídios.

Até o final de 2018, foram doados mais de 300 mil kits de higiene, 50 mil peças de roupa e quase 40 mil cestas básicas. E doados mais de 500 mil exemplares de livros e Bíblias.

Se você deseja fazer parte do grupo, procure uma Universal mais próxima de sua casa e se informe com um pastor. Confira os endereços em universal.org/enderecos.

Quer saber mais a respeito do trabalho do grupo? Clique aqui e acesse a página oficial da UNP no Facebook.

(*) Com informações da UNP Brasil

 

 


  • Ivonete Soares (*) / Fotos: Cedidas 


reportar erro