Notícias | 15 de outubro de 2020 - 20:08


Universal apura acusação de homofobia

Igreja repudia qualquer tipo de discriminação

Circula por redes sociais uma acusação de homofobia que, supostamente, teria sido praticada por um colaborador em um templo da Igreja Universal do Reino de Deus, no Rio de Janeiro.

Como um dos principais alvos do preconceito no Brasil, a Universal é rigorosamente contra qualquer tipo de discriminação, a qualquer pessoa.

A Universal sempre foi conhecida como um lugar que acolhe a todos, independentemente de seu passado ou presente, pois essa é a base da fé cristã.

Segundo sua própria declaração publicada em um portal na Internet, Sophia Barclay frequenta a Universal há cinco anos e, portanto, sabe que o incidente citado não condiz com o procedimento normal da Igreja.

Sophia e todas as pessoas da comunidade LGBT continuam sendo bem-vindas nos cultos da Universal.

Os fatos do incidente estão sendo apurados e serão usados para as devidas orientações aos envolvidos.

UNIcom — Departamento de Comunicação Social e de Relações Institucionais da Universal


  • UNIcom / Foto: Reprodução Facebook