Rede aleluia
Universal 45 anos: Perseguições foram combustíveis para as conquistas
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 30 de Junho de 2022 - 15:52


Universal 45 anos: Perseguições foram combustíveis para as conquistas

Relembre algumas lutas enfrentadas ao longo desses 45 anos de história

Universal 45 anos: Perseguições foram combustíveis para as conquistas

A Universal está completando 45 anos de existência. E para relembrar toda a trajetória de fé e conquistas, estamos realizando uma série de matérias especiais.

Na matéria de hoje você irá entender que a história da Universal também foi marcada por momentos de perseguição e de superação.

Relembre algumas dessas perseguições:

  • Prisão do Bispo Macedo: Em 24 de maio de 1992 o líder e fundador da Universal, Bispo Edir Macedo foi preso injustamente e passou onze dias atrás das grades, ao lado de presos comuns. “É um choque muito grande, uma agressão violenta. Só quem já ficou atrás das grades pode explicar exatamente o que significa”, disse ele.

Tudo aconteceu repentinamente ao sair de um culto com a família, em um domingo, no dia. E as acusações eram charlatanismo, curandeirismo e estelionato. Depois de uma verdadeira guerra judicial ele foi solto, em 3 de junho, uma quarta-feira e posteriormente absolvido de todas as acusações.

  • Rebelião em Angola: Em 22 de junho de 2020 a Universal no país africano começou a ser atacada por dissidentes (expulsos da instituição por desvios de conduta e crimes), que iniciaram uma série de rebeliões para tomar o controle à força da instituição no local.

Neste período, igrejas foram invadidas, depredadas, roubadas e violadas e só após quase dois anos de luta judicial e espiritual, o Bispo Honorilton Gonçalves e outros três oficiais da igreja foram absolvidos, as contas desbloqueadas e os templos reabertos.

  • Fake news: Constantemente inúmeras fake news (notícias falsas) são espalhadas na internet sobre aUniversal. O que leva diversas pessoas ao engano e a tirarem conclusões precipitadas sobre as obras realizadas pela igreja. Nesta página você pode conferir de perto o que são os mitos e verdades da Universal. 

Além disso, diversos testemunhos comprovam que pessoas tinham preconceito de conhecerem a Universal devido às fakes news, mas ao chegarem até lá tiveram suas vidas transformadas. 

Tudo devido à fé:

“Mas alegrem-se à medida que participam dos sofrimentos de Cristo, para que também, quando a sua glória for revelada, exultem com grande alegria. Se vós sois insultados por causa do nome de Cristo, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus; quanto a eles, é ele, sim, blasfemado, mas quanto a vós, é glorificado. Se algum de vós sofre, que não seja como assassino, ladrão, criminoso, ou como quem se intromete em negócios alheios. Contudo, se sofre como cristão, não se envergonhe, mas glorifique a Deus por meio desse nome.” I Pedro 4.13-16

Desta forma a Palavra de Deus é clara acerca da recompensa para aqueles que sofrem devido ao seu amor e obediência ao Senhor Jesus, como descrito no versículo acima.

E o Bispo Macedo, na Bíblia Comentada, ressalta que nenhuma dessas perseguições são incomuns aos cristãos. Contudo, diante de todas as lutas é o próprio Espírito Santo que concede o estímulo à fidelidade, à força e à paciência para enfrentar de cabeça erguida as dores, a intranquilidade e as angústias sobrevindas por meios da perseguição.

“Podemos nos identificar com Ele, e Ele conosco nessas aflições. Assim como o Filho viveu neste mundo para dar testemunho do Seu Pai e morreu para fazer a Sua vontade, precisamos estar prontos para sofrer o que for preciso, sem jamais negar a fé ou nos render ao pecado”, escreveu ele.


Universal 45 anos: Perseguições foram combustíveis para as conquistas
  • Redação / Fotos: Epitacio Pessoa - AE - Demetrio Koch - Cedida - Reprodução  


reportar erro