Rede aleluia
Uma dúvida que impede a pessoa de receber o Espírito Santo
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 17 de Fevereiro de 2021 - 22:16


Uma dúvida que impede a pessoa de receber o Espírito Santo

Esse questionamento faz parte da vida de muitos cristãos. Saiba mais

Uma dúvida que impede a pessoa de receber o Espírito Santo

Para muitos cristãos, falar em línguas é motivo de muitas dúvidas, quando se trata do recebimento do Espírito Santo. Muitos acreditam que após O receberem, falarão em línguas estranhas, automaticamente. Por isso, quando não falam, colocam em dúvida a sua experiência com Deus.

Foi sobre essa dúvida recorrente entre os cristãos, que o Bispo Renato Cardoso esclareceu aos presentes, durante a Escola da Fé Inteligente, nesta quarta-feira (17), no Templo de Salomão, em São Paulo.

Ele exibiu um vídeo do Bispo Edir Macedo, onde ele explica sobre o falar em línguas e o Espírito Santo. O Bispo destacou que muitos se preocupam em perguntar a outros se eles falam em línguas estranhas, “como se o batismo com o Espírito Santo estivesse limitado às línguas estranhas”.

Ele esclareceu que as línguas estranhas são, na verdade, um dos nove dons do Espírito de Deus, mas que ele, isoladamente, não define se uma pessoa recebeu ou não o Espírito do Altíssimo.

“O que caracteriza o batismo com o Espírito Santo são os frutos do Espírito no seu dia a dia. Quando Ele vem sobre nós, nos dá outra mente, outro coração e uma nova maneira de reagir a tudo neste mundo”, completou.

Veja o vídeo completo:

Ainda durante a reunião, o Bispo Renato esclareceu que o ser humano precisa, sobretudo, se analisar para saber se, realmente, é batizado com o Espírito Santo, para além do dom de falar em línguas.

“Não é vergonha nenhuma reconhecer que não tem o Espírito Santo; vergonha é quem não tem, sabe que não tem e finge que tem. Está cheio de gente falando que tem o Espírito Santo, fazendo a obra de Deus, [mas] não tem…”, comentou.

Assista à reunião na íntegra no vídeo abaixo:

 

 


Uma dúvida que impede a pessoa de receber o Espírito Santo
  • Rafaela Dias / Foto: Reprodução Univer Vídeo 


reportar erro