Rede aleluia
Sexta-feira da libertação com o soar das trombetas
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 23 de Junho de 2022 - 13:39


Sexta-feira da libertação com o soar das trombetas

Participe da Corrente de Jericó no Templo de Salomão e tome posse das promessas de Deus

Sexta-feira da libertação com o soar das trombetas

No passado, havia uma grande muralha no caminho do povo de Israel que queria entrar na Terra Prometida. Aos olhos humanos, esse obstáculo impedia a entrada do povo na cidade de Jericó e era considerado intransponível; mas não aos olhos de Deus.

Situação:

Josué e todo o povo hebreu, após atravessarem o rio Jordão, receberam a ordem de Deus para marchar uma vez em volta da cidade murada, durante 6 dias. No sétimo dia, deveriam marchar sete vezes, e os sacerdotes teriam que tocar as trombetas e o povo, ao ouvir o som delas, gritar bem alto.

Gritou, pois, o povo, tocando os sacerdotes as buzinas; e sucedeu que, ouvindo o povo o sonido da buzina, gritou o povo com grande brado; e o muro caiu abaixo, e o povo subiu à cidade, cada um em frente de si, e tomaram a cidade.” Josué 6:20

Quando o povo gritou, a muralha ruiu e Israel conquistou a vitória. Na verdade, Deus tinha dado a cidade de Jericó ao povo hebreu antes mesmo de começar a marchar em torno da muralha. Não foram os gritos que a derrubaram, mas sim a obediência do povo a Deus.

A verdadeira fé

Assim também os problemas que enfrentamos na vida podem ser encarados com determinação e obediência.

Reflita sobre quais têm sido as muralhas da sua vida: dívidas, doenças, traições, vícios? Se você crê nas Promessas de Deus, mas ainda não viu o cumprimento delas, ou mesmo se a sua vida está cercada de inimigos espirituais, é chegada a hora de você agir a sua fé.

E, quando na vossa terra sairdes a pelejar contra o inimigo, que vos oprime, também tocareis as trombetas retinindo, e perante o Senhor vosso Deus haverá lembrança de vós, e sereis salvos de vossos inimigos.” Número 10:9

Corrente de Jericó

Nesta sexta-feira, 01 de julho, você participará da Corrente de Jericó, com o soar das trombetas, para que você tome posse das Promessas de Deus. Ao participar, você estará agindo a sua fé e o exército dos céus agirá para fazer cair por terra todas as muralhas de problemas e tudo o que lhe impede de avançar e conquistar os seus sonhos.

Veja mais detalhes no vídeo abaixo:


Participe de uma das reuniões que acontecerão às 7h, 10h, 12h, 15h e 20h.

O Templo de Salomão está localizado na Avenida Celso Garcia, 605, no bairro do Brás, zona leste de São Paulo.


Sexta-feira da libertação com o soar das trombetas
  • Redação/ Foto: Reprodução 


reportar erro